Segue-nos

Famosos

Video: Maria Botelho Moniz revela: “Muitas vezes descia as escadas para ir à casa de banho chorar…”

A apresentadora da SIC esteve esta quarta-feira no programa “Júlia” e falou da morte do namorado…

Publicado

em

SIC/Site

Esta quarta-feira, 17 de abril, foi para o ar mais um “Júlia”, o programa das tardes da SIC, conduzido por Júlia Pinheiro.

Assim, e uma das convidadas foi Maria Botelho Moniz que falou sobre a sua carreira na televisão, sobre a sua família mas sobretudo sobre a morte do namorado.

A atriz e apresentadora tinha uma relação de mais de dez anos com o companheiro, Salvador, quando o perdeu, e por isso, como confessou, sentiu-se “viúva muito cedo”:

“Não casei por acaso, estava a planear um casamento para setembro, seis meses depois de ele ter morrido, e eu já vivia com ele, e namorei 10 anos e foram 10 anos de um período que eu acho que é muito importante na vida de qualquer pessoa, que é ali dos 20 ao 30 (…) e perdê-lo foi ficar viúva, e ficar viúva aos 29 anos é muito violento”, começou por dizer.

Maria confessou depois que os dias que se seguiram à morte do namorado a fizeram ver a vida de uma outra forma:

“Eu acho que foi com a morte dele que eu entendi as pessoas que dizem «um dia de cada vez» porque eu, nessa fase, eu só me preocupava com o dia seguinte, eu não conseguia ver mais além (…)”, afirmou.

Sobre esse período difícil, a também comentadora do “Passadeira Vermelha” confessou que não viveu, apenas sobreviveu:

“Eu era um farrapinho andante que andava aí nestes corredores a tentar à força sorrir e que, muitas vezes, na sua redação, descia as escadas para ir à casa de banho chorar porque eu não sabia lidar com isto…”, revelou.

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING