Segue-nos
PUBLICIDADE

Televisão

Victoria Guerra, Maria João Bastos e Soraia Chaves nomeadas para os Magnolia Awards 2019

PUBLICIDADE

As 3 actrizes são as protagonistas da série da RTP, “3 Mulheres”

Publicado

em

Instagram

A série da RTP, “3 Mulheres”, protagonizada por Victoria Guerra, Maria João Bastos e Soraia Chaves, está nomeada para os Magnolia Awards 2019, na categoria Melhor Série Estrangeira de Televisão.

PUBLICIDADE

A série tem a concorrência de produções da Tailândia, Alemanha, Espanha e Polónia, na principal competição internacional de Televisão do mundo.

Foi muito elogiada pelo comité de pré-selecção do Festival de Televisão de Xangai. O vencedor vai ser conhecido no próximo dia 14 de junho, no encerramento da 25ª edição do festival.

A série – que foi exibida na RTP entre outubro de 2018 e janeiro de 2019 – recorda os últimos anos do Estado Novo entre 1961 e 1973, do início da Guerra Colonial à véspera da Revolução de Abril.

Para isso, atravessa a vida e a intervenção cívica e cultural de 3 Mulheres: a editora Snu Abecassis (Victoria Guerra), da escritora Natália Correia (Soraia Chaves) e da jornalista Vera Lagoa (Maria João Bastos).

PUBLICIDADE

Os Magnolia Awards, inseridos no Festival de Televisão de Xangai, visam premiar as últimas tendências mundiais das industrias de Televisão e Media e promover o seu desenvolvimento.

Nos últimos anos, os Magnolia Awards tornaram-se um marco na indústria de Televisão.

Maria João Bastos, Soraia Chaves e Victoria Guerra, ao darem ‘vida’ a tão ilustres mulheres, estão, pois, de parabéns com esta importante nomeação, assim como a produção nacional que volta a estar no centro das atenções internacionais.

PUBLICIDADE

Press / RTP

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING