Segue-nos

Familia

Última pessoa viva que nasceu no século XIX, faz hoje 117 anos

Publicado

em

A italiana Emma Morano é a última pessoa nascida no século XIX, e que ainda está viva. Completa hoje 117 anos.

Emma Morano nasceu a 29 de novembro de 1899, e o seu primeiro amor morreu durante a I Guerra Mundial.

Separou-se de um marido violento pouco antes da II Guerra Mundial, e trabalhou até os 75 anos numa fábrica de malas.

Os recordes no Livro do Guinness são vários: Emma não só é a última sobrevivente do século XIX, mas também, desde agosto de 2015, ela tornou-se  na pessoa mais velha do mundo. Emma é também a italiana mais velha de todos os tempos.

O segredo da longevidade: quando tinha 20 anos um médico aconselhou-a e alimentar-se à base de três ovos diários, dois crus e um cozido, um pouco de carne e poucas frutas ou verduras. Fez isso durante quase durante quase um século.

Numa entrevista à AFP, no final de Outubro, disse que não sabia se provaria o bolo de aniversário: o que comeu quando fez 116 anos não lhe tinha caído bem.

Emma conservou a sua autonomia até os 115 anos, e apesar de não deixar o seu apartamento de dois quartos há 20 anos, permanece na cama há um ano, e precisa de uma auxiliar de enfermagem a tempo inteiro.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING