Segue-nos

Famosos

Sinead O’Connor pede ajuda no facebook: “Não quero morrer”

Esta madrugada na sua página foi partilhada a informação de que Sinead O’Connor já estaria rodeada de amigos que iriam certificar-se que ela seria tratada.

Publicado

em

Sinead O'Connor / facebook (video)

A cantora irlandesa Sinead O’Connor, fez um apelo no facebook onde pede ajuda, pois diz estar sozinha sem amigos ou família que a ajude com a sua doença mental.

Num video de 12 minutos, partilhado na sua página, O’Connor explica que não tem ninguém na sua vida e que ela é apenas uma entre milhões com esta doença, “Estou completamente sozinha, não há absolutamente ninguém na minha vida”

A cantora  explica que a doença é “como uma droga” e que a única pessoa que se preocupa com ela é o seu psiquiatra, “(Ninguém) a não ser o meu psiquiatra – que é o homem mais querido do mundo e que diz que sou a sua heroína -, e esta é a única coisa que me mantém viva de momento. O facto de ser a sua heroína… E isso é ridículo.”

A viver num motel em New Jersey,  Sinead O’Connor acusa a família de a ter menosprezado e abandonado devido à sua doença mental, “Estou sozinha há dois anos como castigo por ser doente mental e sinto-me furiosa por ninguém tomar conta de mim (…) Os estranhos no Facebook são mais carinhosos comigo do que a minha própria família.”

Sinead durante os 12 minutos de video fala também sobre os seus filhos, “como é que isto é aceitável, deixarem a mãe neste estado” repete também que não quer morrer “eu não quero morrer, eu quero viver”

O video foi partilhado no passado dia 03 de Agosto e os comentários dispararam como era de se esperar, e a maioria com palavras de apoio à cantora.

Lê-se também algumas acusações aos familiares por terem abandonado a artista nesta condições.

Esta madrugada na sua página foi partilhada a informação de que Sinead O’Connor já estaria rodeada de amigos que iriam certificar-se que ela seria tratada.

Muitos dos comentários no video estavam com medo que a cantora cometesse suicídio e por isso a nota foi também para tranquilizar todos os que de alguma forma mostraram preocupação pelo estado mental da cantora.

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING