Segue-nos

Famosos

“Segurei na mão dela… ela suspirou e…”: Clara de Sousa recorda dia em que a mãe partiu

A jornalista da SIC esteve esta segunda-feira no programa “Júlia”…

Publicado

em

SIC/Site

Esta segunda-feira, 08 de abril, Clara de Sousa foi uma das convidadas de Júlia Pinheiro no seu programa.

Assim, e à conversa com a apresentadora, a jornalista falou de um dos momentos mais marcantes da sua vida: a morte da mãe.

“Eu tenho uma memória da minha mãe. Uma. De quando ela morreu. Porque a minha mãe morreu comigo a segurar nela. Foi um episódio… até bastante bonito”, começou por dizer.

Clara relatou depois o dia em que a mãe perdeu a vida:

“Ela estava internada no hospital de Cascais, disseram-me que já não vinha para casa, e eu estava lá. Eram dez para as seis, um quarto para as seis da tarde, e a enfermeira disse-me: «Clara, tem de sair porque nós agora vamos mudar a cama» e a minha mãe estava a respirar com dificuldade – e eu saí”, afirmou.

“E ela passado um bocadinho chamou-me. E assim que entrei e me sentei, segurei na mão dela. Estive, oh Júlia, nem foi um minuto, ela suspirou e morreu. E eu sempre fiquei sempre com aquela sensação de que ela esperou que eu voltasse. Ali ali um momento quase poético…”, contou.

A pivô da SIC partilhou depois que, nos últimos três anos de vida da progenitora, esta viveu com muita “força”:

“…Eu tento sempre recordá-la em vida, em todos os momentos de força (…)”, disse.

No final, Clara de Sousa falou da “herança” que recebeu da mãe:

“… Ela ensinou-me, muitas vezes, sem me dizer como, ela ensinou-me estando e sendo… Ela nunca precisou de dizer o valor do trabalho, ela mostrou-me fazendo e sendo, e é essa a herança que eu tenho dela que me inspira todos os dias…”, rematou.

Vê abaixo o momento:

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

TRENDING