Segue-nos
PUBLICIDADE

Mundo

Polícia manda parar menino de 12 anos que já tinha conduzido 1300 Km

PUBLICIDADE

Publicado

em

A polícia de trânsito de Outback, na Austrália, mandou parar, e deteve, um menino de 12 anos que já tinha quase um terço do seu caminho feito, a conduzir.

PUBLICIDADE

O menino de 12 anos, naturalmente sem carta de condução, foi apanhado pela polícia local, perto da cidade remota de Broken Hill, a cerca de 1.300 quilómetros da sua casa em Kendall, na costa leste.

“Ele tinha levado o carro da família”, disse o detetive Kim Fehon à agência de notícias AAP na segunda-feira.

“Os pais informaram que ele estava desaparecido, imediatamente depois que ele ter saído de casa, e estava à sua procura”.

Ele queria viajar cerca de 4.000 quilómetros (2.500 milhas) até Perth, no extremo oeste do país, mas foi traído por um pára-choques partido, que estava a arrastar-se pelo chão, de acordo com uma declaração da polícia estadual de Nova Gales do Sul.

PUBLICIDADE

O carro sofreu alguns danos, confirmou Fehon. “Parece que [o menino] teve um acidente durante a condução”.

O rapaz foi preso e levado à esquadra de polícia de Broken Hill, antes de ser entregue aos pais, informou a AAP.

PUBLICIDADE

O jovem de 12 anos deve ser interrogado por detetives locais quando a família voltar para casa.

É provável que ele seja acusado sob a Lei de Jovens Infratores por três delitos, incluindo falhar em pagar por gasolina num posto, e conduzir sem licença, informou a polícia à AAP.

A viagem de Kendall a Perth de carro seria uma tarefa dura de mais de 40 horas, atravessando todo o país através de alguns dos desertos mais rudes do mundo, incluindo a Planície de Nullarbor, onde pouco mais do que animais nativos, e pequenos arbustos sobrevivem ao calor sufocante.

O site oficial de turismo australiano aconselha os visitantes a levarem seis dias apenas para atravessar o Nullarbor, uma estrada famosa pela sua trajectória através do mato árido.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING