Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Polémica com vestido de Micaela Oliveira. Criação ou inspiração?

PUBLICIDADE

Foi o primeiro vestido que Cristina Ferreira usou na Gala e destacou-se também pela mensagem que transmitia. Micaela Oilveira já reagiu ás criticas…

Publicado

em

Cristina Ferreira/ Instagram e Iris van Herpen / instagram

Foi o vestido de abertura da cerimónia dos Globos de Ouro, da SIC, com que Cristina Ferreira brilhou.

PUBLICIDADE

Um vestido com uma mensagem, e que servia para abrir aquela que seria para a apresentadora a melhor gala dos Globos de Ouro de sempre.

Vistoso, artístico e que fizesse a diferença. Cristina Ferreira explicou em palco que se tratava de um vestido com uma mensagem ambiental, pois todo ele foi feito do desperdício de rolhas de cortiça:

“Este vestido é o país e o mundo, o país porque este vestido é feito do desperdício das rolhas de cortiça e este vestido tem aqui esse objectivo de, já que estamos todos muito virados e temos de o estar, para a protecção ambiental, todo este vestido tem como inspiração o mar, os oceanos, as algas e a própria luminescência das algas, a própria cor não foi escolhida ao acaso, e é uma obra de Micaela Oliveira…”, disse, pedindo depois um aplauso para a estilista.

PUBLICIDADE

Mas após a gala, e avaliados todos os looks da noite, foram alguns os que questionaram criatividade da estilista, referindo que seria muito semelhante ao trabalho da estilista holandesa Iris Van Herpen na sua colecção de 2018.

Confrontada com a situação, Micaela Oliveira falou sobre o assunto e o site maria.pt transcreve as declarações da estilista:

PUBLICIDADE

Não conheço o vestido em questão, não o vi. Mas fico muito lisonjeada de ser comparada a uma das melhores estilistas do mundo. Eu usei muitas das técnicas que a Iris usa, no caso deste vestido, os materiais são os mesmos, assim como a tecnologia.. o corta laser… Mas nunca vi um vestido dela iluminado como este. A minha criação foi inspirada nas algas, corais, no cavalo marinho, teve o corta laser… Esta tecnologia nunca tinha sido usada em Portugal, mas são técnicas que existem no mercado mundialmente(…) Aproveitei aquilo em que somos muitos mesmo bons (produção e exportação de cortiça), e transportamos para um vestido que é feito da mais alta tecnologia. Fizemos uma obra de arte, porque é disso que se trata.” lê-se no site.

Herman José foi uma das figuras públicas que primeiro deu conta das semelhanças entre os vestidos, questionado de quem seria a autoria:

Veja o video:

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING