Segue-nos

Animais

Menino abandonada cadela à porta da escola, com um bilhete triste. Muito triste

“Desculpa, mas eu não tinha uma casa e estava frio. Portanto, decidi vir ter contigo. Por favor, ajuda-me a encontrar uma casa. Obrigada”, referia a nota…

Publicado

em

Já estava a chegar a noite, em Detroit, Michigan. As crianças tinham ido, já, todas para casa e estava um contínuo a limpar o edifício, quando ouviu algo bater na porta de entrada.

O responsável da escola abriu a janela e viu um rapaz jovem fugir, apressadamente. Quando foi ver o que se passava e abriu a porta, deparou-se com um caixote com uma nota.

“Desculpa, mas eu não tinha uma casa e estava frio. Portanto, decidi vir ter contigo. Por favor, ajuda-me a encontrar uma casa. Obrigada”, referia a nota.

Dentro do caixote estava uma pequena cadelinha, assustada.

O contínuo entrou, de imediato, em contacto com uma professora, conhecida na escola por ser uma grande amante de cães! Ela recebeu a cadelinha em sua casa e, junto com o seu filho, deram-lhe um nome: Snowflake. Mas a professora e o filho não ficaram com a pequeno Snowflake durante muito tempo. A professora contactou a Detroit Pit Crew Dog Rescue, uma organização que ajuda cães abandonados e feridos em Detroit e conseguiu que Snowflake fosse acolhida naquelas instalações.

“Ela era tão querida. Penso que esta criança que deixou esta nota quereria, com certeza, uma melhor vida para esta cadelinha. Nunca conseguimos estabelecer contacto com este rapaz, mas o que achamos é que ele tentou cuidar dela…”, refere Theresa Sumpter, fundadora e diretora da organização, em declarações ao The Dodo.

“No caixote, havia um cobertor, alguma comida de cão e umas fatias de carne. E ele teve o cuidado de fazer alguns buracos no caixote para que a cadelinha pudesse respirar”, acrescenta a responsável da organização.

Inicialmente, Snowflake, com apenas 7 meses e meio, não queria sair do seu caixote, por o considerar seguro. Theresa Sumpter deixou que a cadelinha permanecesse ali durante algum tempo, fornecendo-lhe, inclusive, um cobertor extra, para que não passasse frio.

“Ela gosta mesmo do caixote. Não sei porquê. Ela gosta de se sentar ali, de permanecer ali e até de brincar ali…”, explica Theresa Sumpter.

Mas Snowflake precisava de sair do caixote para ir ao veterinário, de forma a que o seu estado de saúde pudesse ser verificado e para que pudesse ser vacinada.

Atualmente, Snowflake está na organização a ser tratada, apesar de não estar, ainda, disponível para adoção, como explica a responsável da organização: “Nunca sabemos as histórias que estão para trás com estes cães. Portanto, por segurança, mantivemo-la aqui por uns tempos, para o caso de vir alguém dizer: ‘hey, essa é a cadela que eu perdi!’. E talvez a criança tenha pegado na cadela e a tenha colocado no portão de uma escola, nunca se sabe…”

Se ninguém reclamar a pequena Snowflake, a organização Detroit Pit Crew Dog Rescue de tudo fará, então, para lhe encontrar uma casa e uma família! Mas, por agora, a Snowflake está a desfrutar de uma família e uma casa de acolhimento.

“Ela está a portar-se lindamente. Eles têm muitos cães que estão a acolhê-la muito bem, lá. Ela está a adorar”, explica Theresa Sumpter.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING