Segue-nos
PUBLICIDADE

Mundo

Médica esconde doença para poder trabalhar até dois dias antes de morrer

PUBLICIDADE

Publicado

em

Esta cirurgiã lutou em segredo contra a sua própria doença, e continuou a trabalhar, até dois dias antes de morrer.

PUBLICIDADE

Sarah Prince descobriu que tinha um cancro terminal na vesícula biliar, mas para poder trabalhar até ao fim, decidiu continuar sem nunca contar aos colegas acerca da doença.

Sarah descobriu que tinha um cancro terminal em setembro, aos 43 anos de idade. Mas queria, contudo, viver uma vida normal, e manteve a sua doença em segredo.

Trabalhou até dois dias ante de morrer, e os colegas dos Hospital de Belford nunca desconfiaram de nada. Foi o marido de Sarah que fez a revelação no Facebook, dois dias depois da sua morte.

“Ela queria que celebrassem a forma como ela viveu a vida ao máximo”.

Um colega recorda Sarah como “uma grande profissional e uma inspiração”, segundo o The Mirror.

PUBLICIDADE

 

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING