Segue-nos

Famosos

Maria Vieira recusa oferta de trabalho após exigência de não partilhar conteúdos políticos nas redes sociais

Maria Vieira mostrou-se indignada com a proposta mas considera que não perdeu grande coisa: “O projecto era fraquinho e o salário não era melhor…”

Publicado

em

Maria Vieira / facebook

Maria Vieira partilhou hoje na sua página de facebook um episódio recente que se passou consigo, sobre uma oferta de trabalho que lhe fizeram.

A actriz, que tem trabalhado apenas no Brasil, não revela qual o canal ou produtora que lhe fez a oferta, e também não revela se é português ou não, mas mostra-se indignada com a exigência feita, ao fim de “meia hora de conversa”

“Acabo de ser convidada para fazer parte de uma produção televisiva (não revelarei, por motivos deontológicos, o canal para o qual essa produção se dirige) durante uma conversa de cerca de meia-hora, onde me deram a conhecer o conteúdo do projecto, as datas de gravação e o salário que iria auferir.”, começa por explicar, revelando que no inicio ficou tentada, mas que no final da conversa rapidamente mudou de ideias.

“Perto do final dessa conversa telefónica, a pessoa que me contactou sugeriu de maneira dissimulada e muito fofinha que entretanto seria aconselhável eu parar de publicar comentários políticos na minha página de Facebook, pois os mesmos poderiam eventualmente prejudicar a minha imagem e de alguma forma embaraçar o próprio projecto para o qual me estava convidando… “

Maria Vieira, que inicialmente até ponderou aceitar o convite, perante tal situação refere que prontamente mudou de ideias:

“Após uma espantada pausa de alguns segundos, respondi o seguinte à referida pessoa: “Obrigada pelo seu simpático convite mas acontece que eu não estou interessada em fazer parte desse projecto, porque aquilo que eu coloco à venda há quase 40 anos é o meu trabalho, não é a minha dignidade, o meu carácter e a minha liberdade”.

Concluiu ainda que na verdade o projecto, bem como o que ia ganhar, não era assim fantástico pelo contrário:

“Também não perdi grande coisa: o projecto era fraquinho e o salário não era melhor…”

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING