Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Maria Vieira sobre Oprah: «A Maior Hipócrita do Ano»

PUBLICIDADE

A actriz considera ainda que seria muito bom se Oprah se candidatasse “com uma concorrente «desta qualidade» o Donald Trump nem sequer precisava de fazer campanha…”

Publicado

em

Maria Vieira / Facebook

Maria Vieira, uma defensora acérrima do Presidente dos EUA, Donald Trump e das suas politicas, criticou severamente a apresentadora Oprah Winfrey que no passado domingo foi homenageada com o prémio Cecil B. DeMille na 75ª edição dos Golden Globes, por ser “um exemplo a seguir para mulheres e jovens”, e “uma das mulheres mais influentes” da actualidade, segundo a Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood.

PUBLICIDADE

A apresentadora norte-americana subiu ao palco e arrebatou a plateia com um discurso contra “os homens poderosos e brutais” que dominaram o mundo, dizendo que “o seu tempo chegou ao fim”,  palavras fortíssimas, em defesa das mulheres, e contra o assédio e o racismo.

Mas se na opinião publica foram muitas as palavras de agradecimento, e algumas vozes sugeriram mesmo que Oprah se candidatasse a Presidente dos EUA, Maria Vieira tem uma opinião diferente e fez questão de a partilhar com os seus seguidores.

No texto que publicou sobre o assunto na sua página de facebook, a actriz refere que apesar de concordar com algumas das coisas que Oprah disse no seu discurso, considera que existe uma grande hipocrisia em torno delas, pois, segundo Maria Vieira, a apresentadora e todos aqueles que “viviam” e trabalhavam no seio de Hollywood, tinham conhecimento do que se passava, nomeadamente com o principal acusado de assédio, Harvey Weinstein, “O discurso da Oprah Winfrey nos Golden Globes Awards está na ordem do dia e é alvo dos maiores elogios por parte dos “media” que até avançam com a hipótese da candidatura da referida senhora à presidência dos EUA! Mas mesmo tendo em conta as coisas acertadas que ela disse sobre as vítimas de assédio e abuso sexual, é sempre bom lembrar as acções antes das palavras e, verdade seja dita, as acções dela documentadas nestas fotos do seu passado recente não abonam muito a seu favor e não «jogam» lá muito bem com as palavras que ela proferiu na dita cerimónia, para mais tendo em conta que todo o mundo em Hollywood (ela incluída) sabia que o senhor das fotos – Harvey Weinstein – era um miserável e poderoso predador sexual …”, lê-se.

PUBLICIDADE

Por forma a ilustrar as suas palavras, Maria Vieira usou a partilha um utilizador desta rede social para esclarecer a sua opinião contra o tão aclamado discurso de Winfrey.

Trata-se de uma foto com várias imagens de diferentes momentos em que Oprah posou ao lado de Harvey Weinstein como alguém de quem é próxima, nomeadamente diferentes “passadeiras vermelhas”, jantares, ou entrevistas.

Posto isto a actriz sugere que na verdade o que Oprah deveria ter recebido era o prémio de ‘hipócrita do ano’: “A Oprah proferiu esse “bonito” discurso depois de ter sido galardoada por «ser um exemplo a seguir por mulheres e jovens» mas se lhe tivessem atribuído o troféu por ser «A Maior Hipócrita do Ano», o prémio também teria sido muito bem entregue! “, escreve.

PUBLICIDADE

Quanto ao que se ouve pelos corredores da imprensa americana, que a apresentadora estará a pensar seriamente na sua candidatura, Maria tem uma opinião bem clara e acha que seria muito bom se Oprah se candidatasse, “Eu gostaria muito que ela concorresse à presidência dos EUA, sobretudo porque com uma concorrente «desta qualidade» o Donald Trump nem sequer precisava de fazer campanha para continuar a ser o Presidente dos EUA por mais quatro gloriosos anos!????”.

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING