Segue-nos

Famosos

Maria Vieira critica Ricardo Araújo Pereira: “Já é tempo do RAP deixar de censurar… o André Ventura”

Maria Vieira revela que, apesar de ser uma ‘fã’ de Ricardo Araújo Pereira, lamenta a suas escolhas politicas e as opiniões pouco democráticas que tem…

Publicado

em

instagram e facebook

Maria Vieira fez mais uma partilha na sua página de Facebook, para deixar duras criticas a quem, considera a actriz, ataca os partidos de direita.

Desta feita, Ricardo Araújo Pereira foi o ‘alvo’ da actriz, após a carta aberta que o humorista ao lado de outros benfiquistas decidiram escrever à direcção do clube da Luz, onde revelam indignação pela instrumentalização do clube para fins políticos, por parte do agora deputado na Assembleia da Republica André Ventura, eleito pelo partido “Chega”.

Escreve Maria Vieira que apesar de ser uma ‘fã’ de Ricardo Araújo Pereira, lamenta a suas escolhas politicas e as opiniões pouco democráticas que tem:

“O Ricardo Araújo Pereira que eu continuo a achar o melhor humorista português dos últimos anos (…) resolveu assinar uma carta censória, idiota e muito «fassista» onde se implora, quase a chorar, que o Benfica e o seu presidente Luis Filipe Vieira se demarquem do André Ventura, alegando que o recém-eleito e cada vez mais popular deputado do CHEGA “usa claramente o símbolo do Benfica para promoção pessoal”!!!”, começa por escrever.

Maria Vieira constata ainda que não tem memória de nenhum humorista que tentasse calar um politico, muito pelo contrário, apelidando o humorista de palhaço e de socialista/caviar:

“Não me estou a lembrar de nenhum humorista no mundo inteiro que tenha alguma vez resolvido silenciar um político (normalmente costuma ser ao contrário) e vai daí o Ricardo Araújo Pereira resolveu inaugurar esse modelo e ser o primeiro palhaço a tentar calar a boca de uma pessoa que ele não gosta de ouvir falar em lado nenhum, muito menos quando ele fala do Benfica que também usa a cor vermelha, que por sua vez é uma cor com que o socialista/caviar Ricardo Araújo Pereira se identifica imenso e de que gosta para lá de “bué”!”,  lê-se no post que fez na sua página de facebook.

Maria Vieira não se inibe e acusa ainda o humorista de ser incoerente, pois não atacou o actual Primeiro Ministro quando este, considera a actriz, também se aproveitou do Benfica para o mesmo efeito:

“Mas já quando os socialistas António Costa e Mário Centeno se sentam junto do presidente do Benfica para gritarem «Benfica, Benfica, Benfica…» o RAP não vê mal nenhum nisso, nem se sente ofendido nem ultrajado por eventualmente aqueles dois lampiões socialistas se estarem, sei lá, a aproveitar do Benfica para promoção pessoal ou para serem eleitos”, escreve.

Maria Vieira não poupa nas palavras, onde deixa ainda ‘ataques’ a Joacine Katar Moreira, deputada eleita pelo Livre, referindo que sobre esta sim, existem muitas razões para gozar:

“Eu acho que já é tempo do RAP deixar de censurar, de «cutucar» e de aborrecer o André Ventura que pode e deve continuar a falar sobre aquilo que bem entende e começar mas é a satirizar aquela Joacine – a “Lady Gaga” do LIVRE – que deve ser a deputada que mais motivos tem para ser satirizada e gozada na história de Portugal…”, lê-se.

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING