Segue-nos
PUBLICIDADE

Televisão

Mãe de Rui Pedro revela: “Podem chamar-me louca, mas não perdi a esperança…”

PUBLICIDADE

A mãe de Rui Pedro foi entrevistada por Manuel Luís Goucha…

Publicado

em

Por

Reproduções/Redes sociais

Rui Pedro desapareceu no dia 4 de março de 1998, quando tinha 11 anos de idade. O caso do desaparecimento do menino, há 23 anos, fez correr muita tinta, e o caso foi até julgado em tribunal resultando numa condenação anos mais tarde.

PUBLICIDADE

A mãe de Rui Pedro, Filomena Teixeira, nunca perdeu a esperança de encontrar o filho e hoje, 23 anos depois do desaparecimento, vai ser emitida uma entrevista no programa das tardes da TVI, que será conduzida por Manuel Luís Goucha.

“Eu tenho aqui uma medalha que diz que a esperança nunca morre… Podem-me chamar louca, mas eu ainda não perdi a esperança”, revela Filomena Teixeira no vídeo promocional da entrevista.

De recordar que há pouco mais de um ano, no dia de mais um aniversário do filho, a mãe de Rui Pedro publicou uma carta, assinalando os 31 anos de vida do filho. A carta, publicada no jornal ‘Terras do Vale do Sousa’ mostra todo o seu amor, e a esperança de um dia encontrar o filho. Recorde aqui.

Ora veja:

PUBLICIDADE

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Manuel Luis Goucha (@mlgoucha)

COMENTÁRIOS

TRENDING