Segue-nos
PUBLICIDADE

Animais

Este macaco é o último residente do Zoológico de Aleppo, na Síria

PUBLICIDADE

Publicado

em

Youtube | AFP

Num jardim zoológico degradado, perto das linhas de frente na cidade síria de Aleppo, uma frágil trégua trouxe os visitantes para ver o último animal deixado no jardim zoológico local: Chama-se “Happy” e é o último residente do zoo.

PUBLICIDADE

O babuíno de 22 anos, tem sido uma das atrações no parque Sabil, na parte ocidental da cidade há vários anos.

Mas o conflito que dura desde março de 2011, e que dividiu Aleppo entre o controle do governo no oeste, e o leste controlado pelos rebeldes, teve impacto na vida de todos, até dos animais como Saeed (o nome em árabe para “Happy”).

“Ele não é tão feliz como antes da guerra. Ele costumava ser alegre e feliz, mas agora parece mais velho, e está triste porque não recebe visitantes como antes”, disse Abdullah al-Jaghal, o seu tratador.

Sabil já foi um zoológico grande e atrativo para os moradores de Aleppo, ex-potência económica que tem sido devastada pela guerra.

PUBLICIDADE

O parque tem algumas cicatrizes da guerra, incluindo um pequeno buraco deixado pelo impacto de rockets.

“Sempre que Saeed ouve os sons de bombas ou tiros, ele fica com medo, e tenta subir ao ponto mais alto na gaiola”

Durante a guerra, que já matou mais de 300.000 pessoas, e deslocou metade da população da Síria, ainda há quem venha visitar Saeed.

Com o início de uma trégua negociada pela Rússia e os Estados Unidos, o zoo foi mais uma vez aberto esta semana.

PUBLICIDADE

Fica a reportagem da AFP:

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING