Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Lili Caneças indignada com SNS por causa da vacinação: “Se morrer é indiferente…”

PUBLICIDADE

Lili Caneças afirma que o SNS a mandou “ficar quietinha”…

Publicado

em

Por

Lili Caneças/Instagram

Lili Caneças, de 76 anos, integra o grupo etário de maior risco, de cidadãos prioritários a receber a vacina contra a Covid-19. No entanto, a forma como o Serviço Nacional de Saúde (SNS) está a proceder, deixa-a indignada.

PUBLICIDADE

Segundo conta num vídeo partilhado nas redes sociais, a socialite tem um seguro de saúde e, por essa razão, costuma ser assistida num hospital privado, pelo o que o centro de saúde da sua área de residência não deve possuir os seus dados pessoais. Por esta razão, Lili Caneças não entende e critica o facto de ter recebido uma mensagem sms do SNS que, apela para que fique em casa e que aguarde até ser chamada para receber a vacina.

“Então, quando chegar a nossa altura, na segunda fase, como é que o centro de saúde sabe onde moramos, o nosso telefone, o e-mail… recebi um SMS a dizer para ficar quietinha”, afirmou Lili, desconhecendo o facto do seus dados estarem registados no Registo Nacional de Utentes (RNU).

“Se morrer é indiferente, é mais um idoso que morre… Mas como gosto muito da vida desta vez não vou obedecer… Paguei montes de impostos à segurança social… Tenho os meus direitos”, lê-se ainda na descrição no vídeo.

Entretanto alguns seguidores já esclareceram a socialite. “Os seus dados são acessíveis no Centro de Saúde através do RNU. Mesmo os não frequentadores são elegíveis para a vacinação. Se possível atualize os seus dados no portal do cidadão através da Internet. Todos vão ser chamados”, explicou um internauta.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING