Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Joana Figueira sem trabalho há 10 anos: “Deixei de existir para viver em função dos meus pais”

A atriz revelou que a mãe foi diagnosticada com demência e ficou “completamente dependente”.

Publicado

em

Por

Joana Figueira sem trabalho há 10 anos: “Deixei de existir para viver em função dos meus pais”
Reprodução redes sociais / TVI

Joana Figueira era um rosto familiar da ficção nacional, mas há uma década que não integra nenhum projeto em televisão, situação que piorou ainda antes da pandemia, quando teve de se dedicar a cuidar da mãe, diagnosticada com demência.

Passados 10 anos da participação na novela ‘Dancing Days’, da SIC, o último projeto no pequeno ecrã, Joana Figueira vai sentar-se à conversa com Manuel Luís Goucha no programa das tardes da TVI desta terça-feira, 20 de junho, para falar sobre o afastamento da esfera mediática.

PUBLICIDADE

“A minha mãe foi diagnosticada com demência antes da pandemia e isso fez com que precisasse de ajuda porque a minha mãe ficou completamente dependente. Eu deixei de existir para viver em função dos meus pais”, afirmou num teaser partilhado por Manuel Luís Goucha nas redes sociais.

“O facto de ter estado afastada também me permitiu refletir muito sobre o que é que quero mesmo fazer. Eu não deixei de ser atriz porque eu quero continuar a fazê-lo, é o que eu amo fazer e é o que eu sinto que nasci para fazer”, disse ainda.

Na legenda das imagens, o apresentador acrescentou: “Joana Figueira, uma atriz sem trabalho há 10 anos. Hoje no ‘Goucha'”.

PUBLICIDADE

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Manuel Luis Goucha (@mlgoucha)

TRENDING