Animais

Ivor, o cão surdo que foi “abandonado” 5 vezes, aprendeu a perceber linguagem gestual

Este cachorrinho surdo, de apenas dez meses de idade, chamado Ivor, teve um começo de vida difícil.

Devido à sua deficiência, ele foi “abandonado” por cinco famílias, que não conseguiram lidar com a limitação do animal, antes de chegar à RSPCA (Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais).

O cachorro tinha problemas de confiança, mas a equipa do Centro da RSPCA deu-lhe bastante amor e atenção, e Ivor transformou-se num um cão confiante e doce.

Em dezembro, Ivor encontrou um novo lar para sempre, com Ellie Bromilow, uma mulher que se apaixonou pelo cão, apesar da sua surdez.

“Entretanto ele já tinha aprendido o comando para ‘sentar’ e ‘andar’ que a equipa do centro da RSPCA lhe ensinou, mas agora ele também já sabe identificar os sinais para ‘deitar’ e ‘ficar’, e ele está a aprender cada vez mais”, revelou a nova dona ao site Express.

“Ter um cão surdo é como ter um cão que ouve. Basta saber comunicar com ele.”

Ivor tem uma personalidade enorme. Ele gosta de fazer caminhadas, e tem um ótimo senso de olfato. “Nós usamos esse sentido de olfacto apurado para fazer jogos , e mantê-lo ocupado. “Escondemos guloseimas pela casa para ele encontrar.

Confere o vídeo que mostra como ele obedece aos comandos gestuais:

Podes seguir o Ivor aqui:

COMENTÁRIOS

To Top