Segue-nos

Animais

Ivor, o cão surdo que foi “abandonado” 5 vezes, aprendeu a perceber linguagem gestual

Publicado

em

Este cachorrinho surdo, de apenas dez meses de idade, chamado Ivor, teve um começo de vida difícil.

Devido à sua deficiência, ele foi “abandonado” por cinco famílias, que não conseguiram lidar com a limitação do animal, antes de chegar à RSPCA (Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais).

O cachorro tinha problemas de confiança, mas a equipa do Centro da RSPCA deu-lhe bastante amor e atenção, e Ivor transformou-se num um cão confiante e doce.

Em dezembro, Ivor encontrou um novo lar para sempre, com Ellie Bromilow, uma mulher que se apaixonou pelo cão, apesar da sua surdez.

“Entretanto ele já tinha aprendido o comando para ‘sentar’ e ‘andar’ que a equipa do centro da RSPCA lhe ensinou, mas agora ele também já sabe identificar os sinais para ‘deitar’ e ‘ficar’, e ele está a aprender cada vez mais”, revelou a nova dona ao site Express.

“Ter um cão surdo é como ter um cão que ouve. Basta saber comunicar com ele.”

Ivor tem uma personalidade enorme. Ele gosta de fazer caminhadas, e tem um ótimo senso de olfato. “Nós usamos esse sentido de olfacto apurado para fazer jogos , e mantê-lo ocupado. “Escondemos guloseimas pela casa para ele encontrar.

Confere o vídeo que mostra como ele obedece aos comandos gestuais:

Podes seguir o Ivor aqui:

Animais

Camionista salva dois cães beagle atirados pela janela de um carro

Publicado

em

Os dois cães foram resgatados por um motorista de camião, que disse ter visto os cachorros a serem atirados pela janela do passageiro traseiro de um carro, numa movimentada estrada no estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Os dois cães foram resgatados por um motorista de camião no dia 12 de dezembro, depois de os ter visto a serem atirados de um veículo em Binghamtom, Nova Iorque.

A polícia parou para ajudar o motorista depois de vê-lo a carregar um dos cães, que estava gravemente ferido.

Os cães, agora chamados de Trooper e Adam, foram tratados pelos polícias no local, sendo depois levados para um centro animal.

Agora, já sob os cuidados da Sociedade Humanitária do Condado de Broome, os responsáveis revelaram que ambos os cães estão a recuperar bem.

Um deles, chamado Trooper, teve que ser amputado de uma das pernas, mas está também a recuperar da cirurgia de forma favorável.

No Facebook, a organização publicou este video, onde dá conta de que “graças à solidariedade que o caso gerou, já têm recursos suficientes para cobrir as despesas com o tratamento do cão”, e que o excedente será aplicado no tratamento de outros animais.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS

TRENDING