Segue-nos

Famosos

Isabel Silva indignada: “Um dos seguranças veio ter comigo e disse-me: «Não pode andar com o cão aqui dentro»”

Foi através do seu blogue que a apresentadora da TVI mostrou a sua indignação…

Publicado

em

Isabel Silva/Instagram

Isabel Silva recorreu ao seu blogue  para mostrar a sua indignação perante uma situação vivida por si.

Nas suas redes sociais, é visível a grande cumplicidade entre a apresentadora da TVI com o seu cão, Caju, uma vez que faz questão de partilhar todos os momentos com o animal.

Assim, ‘Isabelinha’, como é carinhosamente chamada, começou por escrever:

“Há dias, tive de ir tratar de uns assuntos ao Amoreiras, em Lisboa, e levei o Caju comigo porque, na verdade, o levo sempre para todo o lado. Como já sabia que os animais não podem andar soltos dentro dos centros comerciais, levei-o dentro de uma caixa transportadora, adequada e legislada para o transporte de animais.(…)”

No mesmo texto, o rosto televisivo contou depois que foi surpreendida por um segurança do espaço comercial:

“Estava tudo a correr lindamente até que um dos seguranças do Amoreiras veio ter comigo e disse-me:

— A Isabelinha não pode andar com o cão aqui dentro.

— Então mas porquê? — questionei.”

Assim, e sem perceber o porquê da situação, Isabel Silva continuou:

“O segurança não me soube explicar o porquê e, na realidade, não havia uma justificação plausível para ter de sair dali com o cão, já que estava dentro de uma caixa própria para o transporte de animais (…) Depois de alguma discussão, acabei por sair e ficar no carro com ele enquanto um amigo me foi buscar o jantar”, disse.

Visivelmente indignada, a apresentadora da TVI reforçou o facto de Portugal já ter mudado algumas regras, no que respeita aos animais, no entanto considerou ser ainda “pouco, muito, muito pouco.”

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Finalmente. No carro. A caminho 🎄❤️ #onossonataléemlamas

Uma publicação partilhada por Isabel Silva (@iamisabelsilva) a

Isabel Silva considerou que se um animal “estiver educado a estar em certos sítios, ele vai naturalmente tornar-se mais sociável”, afirmando ser este o caso do seu animal de estimação.

No final, a apresentadora “aplaudiu” o facto do Parlamento já discutir, nos dias de hoje, questões sobre o bem-estar dos animais e terminou o longo texto com uma reflexão:

“Pensem comigo, malta, se ainda existisse uma lei que me impedisse de entrar com o meu Caju num café ou restaurante, como é que o teria habituado a estar sossegado num sítio destes? Se as próprias leis impedirem o progresso é muito difícil (se não mesmo impossível), que ele aconteça, certo?”.

Lê o texto na íntegra aqui:

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

TRENDING