Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Iker Casillas faz desabafo público sobre ‘pesadelo’ que ele e a mulher têm vivido

PUBLICIDADE

“Eu posso com isto. Nós podemos com isto”…

Publicado

em

Iker Casillas / Instagram

A vida de Iker Casillas e da mulher, Sara Carbonero, sofreu uma grande reviravolta após o jogador ter sofrido um enfarte do miocárdio, no passado dia 1 de maio, que ditou o seu afastamento definitivo dos relvados.

PUBLICIDADE

Dias depois, soube que a mulher estava a lutar contra um cancro nos ovários. Notícias que vieram afetar a harmonia familiar, mas que o antigo guarda-redes do FC Porto garante estar a enfrentar com positivismo.

“Eu posso com isto. Nós podemos com isto”, escreveu no Twitter. Sara Carbonero não tardou em reagir, tendo respondido com vários emojis de corações, mostrando que, apesar do momento delicado, a família está mais unida do que nunca.

Por outro lado, no seu Instagram, Casillas fez um desabafo sintomático desta fase difícil, mostrando que os momentos de tensão ainda não foram ultrapassados.

PUBLICIDADE

“Aquele momento de reflexão. Aquele lugar que te pega e te impede de te moveres. Apenas vou olhar para o horizonte e imaginar as coisas… fantásticas que virão”, escreveu.

Apesar de continuar ligado ao FC Porto onde exerce funções na estrutura do clube como elo de ligação entre a equipa e os dirigentes, Casillas, de 38 anos, não esconde o período complicado a nível pessoal que tem vivido nos últimos meses após o seu diagnóstico clínico.

PUBLICIDADE

Sara Carbonero, o grande apoio para o guardião espanhol, também foi surpreendida com um cancro no ovário. Após a cirurgia de remoção, a jornalista ainda se encontra em tratamentos.

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING