Segue-nos

Música

Grammy’s 2018, vencedores e vencido…

Jay-Z era o artista mais nomeado e foi o grande derrotado da noite. Não ganhou nem uma das categorias para as quais estava indicado…

Publicado

em

Aconteceu ontem no Madison Square Garden, em Nova Iorque, a 60ª edição dos Grammy Awards, e foi mais uma vez surpreendente.

Começou com uma electrizante actuação de Kendric Lamar que deixou, como sempre, o público rendido à sua forma de se apresentar palco.

O rapper subiu ao palco onde encenou uma sátira musical com as musicas XXX e DNA do ultimo álbum lançado, “Damn” e contou com interpretes improváveis, Bono e The Edge, dos U2, e o comediante Dave Chapelle.

Esta é a cerimonia mais aclamada e com a premiação mais cobiçada no mundo inteiro, por todos os artistas na indústria da música, e talvez por isso seja sempre também a que mais surpreende o público quanto aos vencedores e vencidos.

Este ano não foi excepção, Jay-Z era o artista mais nomeado, um álbum bastante aclamado pela critica, esperava-se ser o grande vencedor da noite, mas não, foi sim o grande derrotado, não  ganhou uma única estatueta das 7 para que estava nomeado.

Já Bruno Mars pelo contrário, e superando expectativas, levou os 6 prémios para que estava indicado. Foi claramente o grande vencedor da noite.

Unreal!! I love you all!!! ✨

Uma publicação partilhada por Bruno Mars (@brunomars) a

Kendric Lamar foi provavelmente o único que fez jus aos esperado, fosse na sua actuação ou na vitória dos prémios para que estava nomeado. Venceu 5 das 6 categorias para que estava indicado.

Apesar de ter ganho para Jay-Z prémio de Melhor Álbum Rap, e outros, Lamar quis deixar o seu agradecimento pela influencia do marido de Beyoncé na sua musica e ainda solicitou que ele se candidatasse  a Presidente dos EUA.

Ed Sheeran que nem sequer esteve na cerimónia, foi outra das surpresas da noite vencendo duas estatuetas.

Outro dos momentos altos foi a actuação de Kesha que juntou várias artistas e que trouxeram ao palco o assunto do momento, #TimesUP,  lembrando não acontece só em Hollywood e Washington.

Com a musica “Praying” e acompanhada por várias artistas como, Camila Cabello, Julia Michaels, Bebe Rexha, Andra Day e Cyndi Lauper todas vestidas de branco, voltou a lembrar a sua luta contra o produtor Dr. Luke que acusou de assédio e violação sexual.

Fica a lista com os vencedores das principais categorias. Para a lista completa vê aqui.

Album Of the Year –  “24K Magic” – Bruno Mars

Record of the Year –“24K Magic” – Bruno Mars

Song of the Year – “That’s What I Like” – Bruno Mars

Artista Revelação –Alessia Cara

Best Pop Vocal Album – “÷” – Ed Sheeran

Best Pop Solo Performance – “Shape Of You” – Ed Sheeran

Best Pop Duo/Group Performance – “Feel It Still” – Portugal. The Man

Best Rap Performance – “HUMBLE.” – Kendrick Lamar

Best Rap/Sung Performance – “LOYALTY.” – Kendrick Lamar & Rihanna

Best Rap Song: “HUMBLE.” – Kendrick Lamar

Best Rap Album- “DAMN.” – Kendrick LamarBest R&B Album: “24K Magic” – Bruno Mars

Best R&B Song – “That’s What I Like” – Bruno Mars

Best R&B Performance – “That’s What I Like” – Bruno Mars

Best Traditional R&B Performance – “Redbone” – Childish Gambino

Best Music Video –“HUMBLE.” – Kendrick Lamar

Best Urban Contemporary Album –  “Starboy” – The Weeknd

Best Latin Pop Album – “El Dorado”, Shakira

Best Engineered Album, Non-Classical – “24K Magic” – Bruno Mars

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING