Segue-nos

Familia

Gabriel, o menino cujo pai tatuou cicatriz igual à dele não resistiu à doença

Publicado

em

A imagem de Gabriel Marshall ficou viral nas redes sociais há dois anos, como contámos aqui.

Pai e filho, numa fotografia de perfil, com duas cicatrizes idênticas na cabeça. A da criança, real; a do pai, uma tatuagem.

Esta foi a maneira que o pai arranjou para mostrar ao filho que ele não tinha que se sentir envergonhado por ter aquela marca na cabeça. O menino – com sete anos de idade na altura – estava a lutar contra um tumor cerebral que tinha sido diagnosticado em 2015 e que, infelizmente, terminou com a sua vida na última segunda-feira.

“Eu nunca imaginei que esta imagem iria explodir”, escreveu Josh na sua página no Facebook.

A imagem ficouviral, com muitas pessoas a demonstrarem o seu respeito por este pai verdadeiramente inspirador, e pelo seu filho corajoso.

A imagem apareceu originalmente numa conta de Instagram chamada “Aesthetic Revolution”, ao lado de uma legenda que dizia: “Esta é uma cicatriz real. Uma delas é uma tatuagem para mostrar apoio, e fazer ele se sentir normal. Pai do ano?”

O pai, Josh Marshall, publicou várias fotos do Gabriel no Facebook, juntamente com um texto de despedida, no qual ele conta como os últimos momentos da vida do filho foram: felizes. Na verdade, o menino afirmou que estava a viver “a sua viagem preferida a Wichita [onde o seu médico dava consultas]” horas antes de falecer.

“Estou de coração partido, não só perdi meu filho, mas também o meu melhor amigo”, revelou o pai antes de explicar que Gabriel estava dores severas há mais de uma semana, e que no último domingo ele teve que levá-lo para a sala de emergência, porque tinha paralisado a parte esquerda do corpo.

Como conta o pai, na segunda-feira, o menino levantou-se cansado e, no entanto, o encontro com um amigo no caminho para o médico encorajou-o. Tanto que, ao sair da clínica, ele pediu ao seu pai para levá-lo à Toys ‘R’ Us.

A caminho de casa, depois de ter comprado um brinquedo, Gabriel começou a sentir-se mais cansado. O pai conta que Gabriel adormeceu no carro e, quando foi acordá-lo, ele já não abriu os olhos.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING