Segue-nos

Famosos

Festival da Canção. Fernando Tordo quer provas: “estamos a falar da existência ou não de um crime.”

“Ouço dizer que a cantiga que ganhou o Festival RTP é ainda mais plágio do que a outra do que desistiu. (…)

Publicado

em

Fernando Tordo e Cláudia Pascoal / facebook e instagram

Fernando Tordo foi o compositor da música “Para te dar Abrigo”, interpretada por Anabela, na edição deste ano do Festival da Canção.

O cantor e compositor usou as redes sociais para expressar a sua opinião em torno das acusações de plágio que têm sido feitas à musica vencedora da edição deste ano, “Jardim”, com composição de Isaura e interpretação de Cláudia Pascoal.

Em causa está as semelhanças que muitos internautas começaram a comentar haver com a musica, “To Build a Home”, dos Cinematic Orchestra, musica que serviu de banda sonora do filme, “Brokeback Mountain”.

Isaura em entrevista ao JN, terá dito que “não tem nada a ver, nem sei do que falam. Acho que as pessoas já não sabem o que é plágio e às vezes dizem isso por acharem as músicas parecidas, o que não é de estranhar pois vivemos num mundo de influências”.

Mas Fernando Tordo não considera suficientes estas justificações e acha mesmo que é necessário perceber se existe ou não plágio.

Na página pessoal de facebook, Fernando deixou um testemunho onde aponta o dedo ao facto de se dizer que é plágio e não se fazer prova disso, mas também considera que se na verdade é plágio, estamos perante um crime: “Ouço dizer que a cantiga que ganhou o Festival RTP é ainda mais plágio do que a outra do que desistiu. (…) Mas falta a prova. Onde está a prova? “

Fernando considera a situação grave porque a ser falso é uma “é uma calúnia nojenta.”, mas, na existência de tal prova e a verificar-se a veracidade das alegações que circulam, é grave e trata-se de um crime: “Agora é grave. Porque já está escolhida para representar a RTP no Eurofestival.(…) Se existe e serve de prova, que seja mostrada publica e oficialmente. Não, não estamos a falar só de cantigas, estamos a falar da existência ou não de um crime.”

Ouve aqui os dois temas confere as semelhanças, ou não, dos temas.

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING