Segue-nos

Tecnologia

Facebook e Instagram estão “em baixo”

O site DownDetector registou centenas de reclamações sobre a queda das duas plataformas desde as 12h30.

Publicado

em

Os utilizadores do Facebook e do Instagram estão a sentir dificuldades em aceder às maiores redes sociais do mundo.

O site DownDetector registou centenas de reclamações sobre a queda das duas plataformas desde as 12h30.

O problema, de acordo com o mapa do site, atingiu várias regiões do mundo onde se incluem Portugal, Brasil, Estados Unidos e Bélgica.

Ao tentar aceder ao site, muitos utilizadores apenas vêem a mensagem: “Sorry, something went wrong. We’re working on it and we’ll get it fixed as soon as we can”.

Tecnologia

Facebook regista SMS e chamadas telefónicas, descobrem utilizadores quando apagam as contas

É esse download de dados que revela a extensão da recolha de dados do Facebook e, surpreendentemente (ou não), até os registos de chamadas e SMS estão no “rol” de dados que a empresa recolhe…

Publicado

em

À medida que milhares de utilizadores continuam a apagar as suas contas de Facebook, após o escândalo da Cambridge Analytica, vários estão agora a descobrir que a rede social guarda muito mais dados do que o esperado, incluindo registos completos de chamadas e mensagens SMS, revela o The Guardian.

O movimento #deletefacebook ganhou força depois das revelações de que o Facebook partilhou com um psicólogo de Cambridge, as informações pessoais de mais 50 milhões de utilizadores, sem o consentimento explícito destes, que mais tarde acabaram nas mãos da empresa consultoria eleitoral Cambridge Analytica, que usou esses dados, entre outras, na campanha eleitoral de Donald Trump.

O Facebook “dificulta” o processo de eliminação completa das contas. A rede social “empurra” os utilizadores para a “desativação”, o que deixa todos os dados pessoais nos servidores da empresa.

Quando os utlizadores pedem para excluir permanentemente as contas, a empresa sugere: “Você pode querer baixar uma cópia de suas informações do Facebook.”

É esse download de dados que revela a extensão da recolha de dados do Facebook e, surpreendentemente (ou não), até os registos de chamadas e SMS estão no “rol” de dados que a empresa recolhe.

Dylan McKay, relatou que, para o período entre outubro de 2016 e julho de 2017, os seus registos continham “os metadados de todas as chamadas de telefone que fiz, incluindo tempo e duração” e “metadados sobre cada mensagem de texto que recebi ou enviei” .

Muitos outros usuários relataram desconforto com os dados que descobriram, e que estavam a ser registados, incluindo os contatos nos seus catálogos de endereços, os seus calendários, e os aniversários de todos os seus amigos.

Em comunicado, um porta-voz do Facebook explicou por que os contatos foram enviados. “A parte mais importante dos aplicativos e serviços que ajudam a fazer conexões é facilitar a localização das pessoas com as quais se deseja conectar. Então, na primeira vez que faz login no seu telefone, para um aplicativo de mensagens ou social, é uma prática muito usada enviar os contatos do seu telefone”, revelou.

“O upload de contatos é opcional. As pessoas são expressamente perguntadas se querem dar permissão para fazer o upload dos contatos que têm nos seus telefones. Isso é explicado nos aplicativos inicialmente. As pessoas podem excluir as informações carregadas anteriormente, a qualquer momento, e podem encontrar todas as informações disponíveis nos seus registos de cont, e atividade, na nossa ferramenta “Fazer o download das informações”. ”

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS

TRENDING