Desporto

Estátua de Messi na Argentina foi vandalizada depois de Ronaldo ter sido eleito

A estátua de Leonel Messi, inaugurada em 2016 em Buenos Aires, na Argentina, foi vandalizada esta madrugada, ficando sem cabeça, tronco e braços.

“A estátua de Lionel Messi, localizada em Tristan Achaval 1100, perto da esquina da Azucena Villaflor, Costanera Sur, foi vítima de um ato de vandalismo”, informou eem comunicado, o Ministério da Cultura da Argentina.

Os responsáveis do Ministério confirmaram também que já “estão a trabalhar na sua recuperação”.

O ato de vandalismo aconteceu horas depois de Cristiano Ronaldo ter vencido o prémio The Best, sendo eleito pela FIFA como melhor jogador do mundo, numa cerimónia em que Messi não marcou presença.

Também os outos jogadores do Barcelona não compareceram, por se encontrarem a preparar o jogo com o Atlético de Bilbao.

A ausência de Messi da cerimónia foi criticada por Maradona: “Ganhou quem tinha que ganhar”, disse o eterno ídolo, que aproveitou para criticar Messi: “Aqui ele poderia brigar. Em casa, pela TV, não se briga com ninguém”.

COMENTÁRIOS

To Top