Segue-nos
PUBLICIDADE

Lifestyle

Estão a construir um castelo medieval há 20 anos com recurso, apenas, às técnicas dessa altura

PUBLICIDADE

Publicado

em

Por

Este grupo de franceses está, há 20 anos, a construir um castelo medieval, com recurso, apenas, a técnicas medievais. O resultado? Brilhante!

PUBLICIDADE

Se és daquelas pessoas fascinadas com a época medieval, não vais precisar de uma máquina do tempo para experimentar viver nessa altura… Falamos do castelo Guedelon, em França, uma reprodução de um castelo medieval do século XIII, um projeto único, construído por um grupo de voluntários, com recurso aos únicos materiais que os habitantes tinham disponíveis na altura.

Michel Guyot e Maryline Martin deram início ao projeto 1997 e está a ser construído, desde então. Passados estes 20 anos, gerou mais de 55 postos de trabalho e, hoje, tem cerca de 300 mil visitantes por ano. O projeto tem, inclusive, uma história a si associada, situada, historicamente, num período concreto, que ajuda a contextualizar o próprio design e a própria construção do castelo.

PUBLICIDADE

Recuando no tempo e falando ‘em tempo medieval, os mentores do projeto iniciam a sua construção em 1228. Um areal que passa é um ‘ano medieval’ que passa também. Portanto, na verdade, é como se estivéssemos em 1248.

“A regra é sabermos, através de documentos, os materiais que havia disponíveis na altura e usarmos apenas esses”, refere Sarah Preston, guia inglesa, em declarações ao site Bored Panda. “Apesar de estarmos a ser precisos, em termos de materiais, sentimos que faltava alma ao castelo… Foi então que decidimos criar uma personagem! Essa personagem é o dono, é quem gosta e não gosta disto e daquilo…”, acrescenta.

PUBLICIDADE

A personagem, o dono, é Seigneur Guilbert, um senhor feudal, de meia-idade, a quem foi concedido o direito de construir um castelo naquelas terras, por as ter defendido junto da coroa real, durante a rebelião de 1226.
“A determinada altura, percebemos que os pedreiros estavam a cortar as pedras para as torres de uma forma demasiado perfeita, o que não era apropriado… Sugeria que o dono teria muito dinheiro e, consequentemente, um batalhão de empreiteiros, o que não era o caso!”, acrescenta a guia.

A construção espera-se finalizada em 1253, o que traduz em 2023 no mundo real!

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING