Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Emocionado, Quimbé recorda depressão grave: “É uma dor horrível, só queres acabar com aquilo”

PUBLICIDADE

À conversa com Diana Chaves e João Baião, Quimbé ‘abriu o coração’ e falou do período de sofrimento pelo qual passou e no facto de ter pensado pôr fim à vida…

Publicado

em

SIC/Site

Quimbé aceitou partilhar, para a Campanha Vamos Falar, o seu testemunho sobre saúde mental.

PUBLICIDADE

Pela primeira vez, o ator revelou ter passado por uma depressão grave, num vídeo avassalador.

Esta sexta-feira, 25 de setembro, Quimbé esteve no programa “Casa Feliz”, à conversa com Diana Chaves e João Baião, e abordou a campanha em questão e o seu depoimento.

“Isto foi um choque para toda a gente, ninguém sabia. Foi despoletado por causa do Pedro Lima… eu estava em casa e estava a acompanhar as cenas do Pedro Lima…chorei imenso e ninguém dizia que o Pedro algum dia, ele era uma pessoa da luz, da natureza…”, começou por dizer, referindo que foi aí que percebeu que tinha de partilhar a sua história e aceitou este convite.

Quimbé referiu que, depois de ter partilhado o seu testemunho, recebeu um “tsunami” de mensagens de amor e de partilha e que é esse o seu objetivo: ajudar pessoas.

PUBLICIDADE

“Nós, atores, figuras públicas, muitas vezes somos o exemplo… mas nós também caímos, comemos, cagamos como as pessoas, também nos cortamos e isto basicamente é um apelo: não façam aquilo que o Pedro fez”, disse, referindo-se novamente a Pedro Lima, que foi encontrado morto no passado dia 20 de junho.

O ator reforçou a importância de falar, em situações de tristeza profunda, destacando que sabe, por experiência própria, que é uma dor muito forte:

“Tu chegas a um ponto que tens a tal dor e não sabes explicar porque é que tens aquela dor e tu só queres acabar com aquilo…já estive no limbo, já percebi que aquilo não é o caminho porque há coisas tão giras e tão boas para se viver portanto o falar é fundamental”.

PUBLICIDADE

Quimbé partilhou também que, na altura, o que o “salvou” de cometer o suicídio foi mesmo a conversa que teve com uma pessoa amiga:

“Essa pessoa, até hoje, não sabe que me ajudou porque aquilo foi… eu estava mesmo um caco e era um dor horrível e de repente tive uma voz amiga… eu queria que a dor acabasse”, disse, em lágrimas.

Quimbé referiu que de facto este é um tema importante na sociedade e tem que ser falado, com vista a ajudar quem passa por isto.

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING