Famosos

Ed Sheeran impedido de entrar numa festa dos Grammys pelo 4ºano seguido

Numa entrevista à On Air, o cantor e compositor britânico revelou que viu a sua entrada recusada na festa organizada pela sua própria editora…

Numa entrevista à On Air, Ed Sheeran revelou que foi barrado é porta do local onde decorria a festa organizada pela sua própria editora, a Warner Music.

Mas o mais curioso é que esta não foi a primeira vez que o cantor foi impedido de entrar numa das muitas festas organizadas no final da principal cerimónia dos prémios de música, há 4 anos que isto acontece, lembrou o músico. Porém, ele não revelou os motivos pelos quais ficou à porta.

Isto não foi apenas com a festa da minha gravadora, mas com as festas em geral”, o cantor lamentou a situação e desabafou que a festa era mais uma daquelas onde “estão quatro músicos e o resto são pessoas de Los Angeles que nem sequer foram aos Grammys e que apenas querem uma festa onde ir“.

Ed Sheeran acabou por ir à festa organizada pelos produtores norte-americanos Benny Blanco e Diplo, contou à mesma publicação, e aparentemente, correu tudo bem. “Cheguei super cedo e, de repente, apareceram 2 mil pessoas e eu fui embora”, disse.

Fiz uma festa após o EMA em Milão e nenhum artista podia entrar com a sua equipa ou segurança. O Justin Bieber foi sozinho e acabou por jogar snoker com os Twenty One Pilots. É muito melhor assim do que ficar desfrutar da festa com a sua própria equipa num canto. Isto não acontece na Inglaterra. Os artistas circulam sozinhos, não existe este ego. É uma questão de poder. Se apareces com 30 pessoas, és o maior”, revelou Ed na entrevista.

A 59.ª edição dos prémios decorreu este domingo (12), no Teatro Microsoft de Los Angeles, Califórnia, onde Ed Sheeran tocou “Shape Of You” numa actuação surpresa que foi anunciada apenas algumas horas antes do início do evento.

COMENTÁRIOS

To Top