Segue-nos

Animais

Centrifugou o gato na máquina de lavar, e partilhou no Instagram

Publicado

em

O caso está a chocar os espanhóis. A alegada autora respondeu às críticas com a ameaça de continuar a fazer o mesmo, mas desta vez com um cão.

A suposta abusadora, além de submeter o gato a uma centrifugação na máquina de lavar roupa, registou a ação com o seu telefone, e partilhou no Instagram. Após a divulgação do vídeo nas redes sociais, o grupo de protecção animal PACMA informou que já recolheu 300.000 assinaturas, e que denunciará o caso às autoridades.

A mulher, identificada pelo partido animalista como E.M.V.M., e que vive em Jaén, relata todo o procedimento e ilustra-o com emojis de rostos sorridentes, e textos divertidos, como “gatolavadora”, como conta o El Pais.

Após a “primeira lavagem”, a alegada autora vai até à máquina para ver o estado do gato, que, segundo conta, não morreu.

“O gato continua a miar, vamos adicionar um pouco de sabão porque parece que não foi bem lavado…”, diz a mulher enquanto adiciona mais detergente.

Finalmente, e em primeiro plano, o gato pode ser visto a mexer as pernas da frente. “Ele está morto, sim, o gato da má sorte…”, conclui no final da gravação.

Depois de vários utilizadores da rede social recriminarem a situação, a mulher ameaçou continuar a matar mais animais. “Próxima vítima. Vocês não querem que eu mate gatos, agora mato cães”, publicou juntamente com uma fotografia de um cão que segura pelo pescoço.

A PACMA anunciou que vai pedir um castigo “exemplar”. Este tipo de crime é punível em Espanha com até um ano e meio de prisão.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING