Segue-nos

Famosos

Caso “bebé sem rosto”: família de Rodrigo gasta 1500 euros em terapias por mês: “O que o Estado oferece não é suficiente”

PUBLICIDADE

Dois anos e meio depois, a mãe do “bebé sem rosto” esteve à conversa com Júlia Pinheiro sobre a evolução saiba como se encontra o pequeno Rodrigo

Publicado

em

Por

Caso “bebé sem rosto”: família de Rodrigo gasta 1500 euros em terapias por mês: “O que o Estado oferece não é suficiente”

Há dois anos e meio, Rodrigo nasceu sem olhos, nariz e parte do crânio. Apesar dos médicos lhe darem apenas alguns dias de vida, a verdade é que o pequeno contrariou todas as expectativas. A mãe, Marlene, esteve no programa “Júlia”, da SIC, e falou sobre a evolução do menino.

PUBLICIDADE

Marlene, mãe do pequeno Rodrigo, esteve à conversa com Júlia Pinheiro no programa “Júlia”, da SIC, para falar sobre o crescimento e evolução do filho que nasceu com más formações. A convidada começou por revelar: “Reage a tudo, percebe tudo. Está com uma boa evolução desde que começou as terapias e fez a operação. Está a evoluir muito bem, a surpreender”.

A convidada de Júlia Pinheiro revelou que se dedica 24 horas ao pequeno Rodrigo e acompanha-o sempre nas diversas terapias, que são uma ajuda única no desenvolvimento do menino. Marlene revelou que as terapias são muito caras: “À volta dos 1000 / 1500 euros por mês. Não tinha noção”.

Júlia Pinheiro questionou Marlene quanto à comparticipação do Estado nestas terapias, mas a convidada explicou: “O que o Estado oferece não é suficiente para uma criança com estas necessidades”.

No seguimento deste assunto, Marlene afirmou que desde que o filho iniciou as diversas terapias, tem sentido uma evolução muito boa: “Nós em casa vemos uma grande evolução nele. Desde que começou a terapia da fala está mais comunicativo, na fisioterapia já se aguenta mais tempo de pé (…) são pequenas coisas que para nós é uma vitória”.

PUBLICIDADE

A convidada revelou ainda que a família tem procedido à recolha de tampas de plástico para ajudar no pagamento das terapias do filho.

Veja aqui a entrevista completa.

COMENTÁRIOS

TRENDING

v