Segue-nos
PUBLICIDADE

Familia

Casal divorciado junta-se todos os anos para tirar fotos de família com o filho

PUBLICIDADE

Publicado

em

Já aqui temos mostrada histórias de casais que, apesar de estarem separados, continuam a ter uma boa relação, especialmente quando há filhos envolvidos. E isso é sempre uma boa notícia.

PUBLICIDADE

Hoje trazemos uma nova história, que devia servir de exemplo para muitos pais que, apesar das diferenças, podem e devem fazer tudo pelo filhos.

Este casal está a dar uma aula de maturidade, e amor pelo filho, ao lidar o divórcio de uma maneira maravilhosa.

Num post ficou viral na página do Facebook Love What Matters, o ex-casal Adam Dyson e Victoria Baldwin partilham a sua história de como continuam ser uma família, mesmo depois de terem decidido terminar o seu relacionamento.

Adam e Victoria têm um filho, de 4 anos, chamado Bruce. Eles partilharam quatro fotos, duas tiradas antes de se separarem, duas depois.

PUBLICIDADE

Na legenda das fotos, a mãe escreveu:

“As duas primeiras fotos foram tiradas quando  eu e Adam nos casámos, e as duas últimas já tinha passado mais de dois anos depois do nosso divórcio. Nós não estamos apaixonados, nem sempre concordamos um com o outro, não somos os melhores amigos, às vezes sequer gostamos um do outro, mas estamos ligados para sempre por causa do nosso lindo, inteligente, amável,  e engraçado filho. Lembra-te que nenhum de nossos papéis como pais tem precedência sobre o outro, e nenhum de nós é mais importante para a vida do nosso filho. Ambos precisamos estar lá, ambos merecemos tempo de qualidade e memórias de qualidade com ele. Nenhum de nós culpa o outro pela direção que o nosso relacionamento tomou, não culpamos um ao outro, e certamente não culpamos na presença de nosso filho “.

PUBLICIDADE

“Eu e o Adam não somos pais perfeitos. Mas fizemos um acordo quando nos divorciámos, para colocar o nosso filho em primeiro lugar, e valorizar a riqueza que cada um de nós traz à sua vida, por diferentes razões. Ainda temos um retrato de família tirado, e eu ainda pago um bom dinheiro para ter as imagens impressas, emolduradas e colocadas no quarto do nosso filho. Ele pode não crescer com os pais na mesma casa, mas ele vai crescer para ver respeito, bondade, empatia, compaixão, perseverança, flexibilidade e até mesmo sacrifício, sendo educado por ambos os seus pais, e ele vai saber que é possível  separar, mas nunca desmoronar“.

Victoria trabalha no exército e vive no Alasca, enquanto Adam vive na Carolina do Sul. Ela acha as imagens especialmente importantes porque os seus próprios pais eram divorciados, e ela tem poucas fotos deles juntos como uma família.

Ela disse à revista People: “O Bruce é muito mais feliz agora que eu e o Adam nos entendemos melhor. Uma vez tivemos uma discussão acalorada em frente ao nosso filho que estava a chorar aos meus pés. Percebi que eu estava mais focada em magoar o pai dele, do que em reconfortar o meu filho. Eu sabia que aquele não era o exemplo que eu queria ser“.

PUBLICIDADE

Após a separação, os dois concordaram em continuar com a tradição de tirar as fotos de família, mesmo se conhecem novas pessoas, e entrarem em novos relacionamentos.

Fonte: Hypeness

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING