Segue-nos
PUBLICIDADE

Actualidade

Capucho regressa ao partido e saúda “matriz social-democrata” de Rui Rio

PUBLICIDADE

O ex-vice-presidente do PSD vai regressar ao partido, cinco anos depois de ter a sua militância suspensa, e saudou hoje o “regresso à matriz social-democrata” da liderança de Rui Rio.

Publicado

em

Por

Lisboa, 19 fev (Lusa) — O ex-vice-presidente do PSD António Capucho vai regressar ao partido, cinco anos depois de ter a sua militância suspensa, e saudou hoje o “regresso à matriz social-democrata” da liderança de Rui Rio.

PUBLICIDADE

“Até final da semana”, Capucho e um grupo de militantes expulsos por apoiarem uma candidatura independente nas autárquicas de 2013, em Sintra, vão pedir, ao Conselho de Jurisdição Nacional, a revogação da decisão de há cinco anos.

Em declarações à agência Lusa, o antigo secretário-geral social-democrata afirmou que já não se justificam os motivos que levaram à suspensão da militância por ele e mais 80 militantes apoiarem Marco Almeida, dado que o PSD se “arrependeu” e apoiou-o nas autárquicas seguintes.

No dia seguinte ao congresso do PSD, de consagração de Rui Rio, António Capucho anotou que a moção de estratégia “é de regresso à matriz social-democrata”, que faz “uma retificação do percurso anterior”, com Pedro Passos Coelho, com a qual discordou.

E disse esperar que resulte — “tenho esperança que sim” — o “acordo político” entre Rio para uma “unidade na ação” no partido, desdramatizando quer a votação da comissão política (64,7%) quer a escolha da ex-bastonária Elina Fraga para vice-presidente.

PUBLICIDADE

NS // ZO

Lusa/fim

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING