Segue-nos
PUBLICIDADE

Big Brother

Bruno do “Big Brother” acusa José Cid de homofobia: “Só me apeteceu dar-lhe um sopapo…”

PUBLICIDADE

“Só me apeteceu dar-lhe um sopapo para lhe saírem os olhos de vidro…”, atirou o concorrente…

Publicado

em

Por

Reproduções/Redes sociais

Bruno Almeida tem sido um dos concorrentes deste novo “Big Brother” que mais tem estado em destaque, dentro e fora da casa mais vigiada do país.

PUBLICIDADE

Ontem à noite, os concorrentes combinaram cantar sempre que um dos jogadores fosse expulso da casa. Joana sugeriu que fosse cantado o tema “Um grande, grande amor”, de José Cid. Bruno Almeida contestou a escolha e atirou: “Não gosto nada do senhor, por favor! Eu bato palmas“.

Mais à frente na conversa explicou o motivo: “A sério, não gosto do senhor. É homofóbico. Do mais que possas imaginar. É bué. Se eu vos mostrasse um vídeo que vi duas semanas antes de vir para aqui”, revelou o concorrente.

Bruno Almeida explicou ainda que esse momento aconteceu há vários anos em televisão: “Vi aquele vídeo e só me apeteceu dar-lhe um sopapo para lhe saírem os olhos de vidro! A sério. Fiquei nervoso. Ele estava com um homossexual ao lado. Os dois eram quase da mesma idade e o senhor disse-lhe: «Você está a ofender-me». E ele a gozar na cara dele de uma maneira…“, revelou ainda.

A revista Nova Gente revela que o momento referido por Bruno Almeida aconteceu em 2006, no programa “A Revolta dos Pastéis de Nata”, com Luís Filipe Borges.

PUBLICIDADE

Recorde aqui:

COMENTÁRIOS

TRENDING