Vida

Argentina faz versão anti-machismo do “Despacito”, e fica viral pela forte mensagem

O “Despacito” já tem versões em todas as línguas, e para todos os motivos. Mas esta versão criada pela ativista feminista, e locutora de rádio argentina, Natalia Maderna merece ser ouvida com atenção, e partilhada com os teus amigo.s

Ao lado da filha Catalina, de um ano, Natalia fez uma versão feminista da música, para dar voz ao movimento “Ni Una a Menos”.

A letra foi composta pelas mulheres da Associação de Trabalhadores do Estado (ATE), para as marchas contra a violência de género que ocorreram na Argentina no início deste mês.

O vídeo foi publicado pela ativista no Youtube no dia 1 de junho, e ficou viral nas redes sociais.

A página Quebrando o Tabu criou uma versão legendada em português, e que merece a tua partilha…

COMENTÁRIOS

To Top