Segue-nos

Famosos

Alda Gomes emociona-se ao falar de doença que lhe foi diagnosticada: “Tive medo de ser despedida”

Diagnosticada em 2010, actriz revela que, apesar de actualmente estar tranquila e bem, não foi sempre fácil, e emocionou-se ao falar do momento em que o médico a informou e de como encarou a situação na altura…

Publicado

em

sic / site

Alda Gomes esteve esta manhã na SIC, no “Programa da Cristina”, para deixar o seu testemunho sobre a doença que lhe foi diagnosticada com 30 anos de idade, e que terá que viver com ela para o resto da sua vida, a artrite-reumatóide.

Alda revelou que sofre desta que é uma doença sem cura, mas que se faz uma vida perfeitamente normal. Certo que com alguns cuidados extra, mas que aceitou tranquilamente e vive bem consigo e com a doença.

Actriz de profissão, curiosamente foi no trabalho em que fazia de empregada de um café que Alda Gomes percebeu que algo não estava bem, quando começou a sentir dores nas mãos que lhe dificultavam muito durante as gravações, principalmente porque estava sempre a usá-las:

“Quando me apareceram os primeiros sintomas eu estava a fazer uma novela na altura, aqui na SIC, e a profissão da minha personagem era empregada de mesa. tinha que pegar em tabuleiros, copos (…) e aquilo começou a ser mesmo, já na minha cabeça começou a não estar bem, nem eu comigo, porque tinha que saber o que é que era”, revela.

Mas confessa que durante algum tempo escondeu da produção e dos colegas, o que se passava consigo porque tinha medo de ser despedida:

Tinha que disfarçar, ninguém pode perceber, os câmaras não podem perceber, produção… tinha medo de ser despedida ‘porque ela agora está doente’, foi muito complicado…mas dei a volta”, confessa.

Diagnosticada em 2010, a actriz revela que não foi sempre fácil, e emocionou-se ao falar do momento em que o médico a informou e de como encarou a situação na altura:

“Dizem-me que os meus ossos se estão a destruir a pouco e pouco (…) pensei no meu futuro, achei que era errado, chorei a pensar no meu futuro enquanto actriz…”, começa por dizer, emocionando-se de seguida revelando que não esperava chorar porque vive bem com a doença, mas ao relembrar o passado:

“Eu emocionei-me agora, ao pensar no passado, porque eu aceito isto tão bem, a partir do momento que eu aceito e estou a aceitar-me a mim própria, a minha artrite reumatóide, está aqui, está adaptada, e faço uma vida completamente normal e está estável, mas ao recordar tanta peripécia, tanta ginástica para disfarçar, custa-me agora um bocadinho”

Podes  ver o momento aqui.

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING