Segue-nos

Famosos

William e Kate: Separação pode estar para breve

O casamento está ‘por um fio’ e já dormem em camas separadas

Publicado

em

Kate Middleton / Facebook

Os príncipes e as princesas já não vivem ‘felizes para sempre’, como nos filmes. Com efeito, Williamn e Kate podem ser os protagonistas do divórcio que se segue na família real britânica.

A duquesa de Cambridge não consegue ultrapassar os rumores de traição e a forma fria com que o filho de Diana a trata. Os duques vivem na mesma casa mas já não fazem vida de casal. Pode estar prestes a rebentar uma das maiores bombas da história da família real inglesa.

O casamento de Kate Middleton, de 37 anos, e William, de 36, está a passar por um momento de crise, que poderá não ter um final feliz.

Após terem surgidos os rumores de que o duque de Cambridge traiu a mulher com Rose Hanbury, e de terem sido publicamente expostas fotos dos dois em clima de grande cumplicidade, o casal está a ter dificuldade em conseguir encontrar a harmonia no casamento.

A revista ‘In Touch’ garante que o casamento “nunca mais foi o mesmo”. A publicação afirma que ambos têm feito um esforço para mostrar que está tudo bem, mas isso não traduz “o que se passa entre quatro paredes”.

A ruptura estará iminente, garante a revista inglesa.

“Eles são corajosos em público, mas entre quatro paredes, a situação não é boa”, afirmou uma fonte à revista, revelando ainda que, recentemente, a duquesa se desfez em lágrimas durante uma discussão com o marido.

A mesma publicação adianta que Kate e William já estão mesmo a dormir em camas separadas e a tentar resolver as suas desavenças com terapia de casal.

Kate Middleton / FacebookApesar de tentarem mostrar que são um casal exemplar e feliz, os conflitos não são de agora. Já antes da alegada ‘traição’ de William, o biógrafo Andrew Morton chocou o Reino Unidos com o livro ‘William and Catherine: Their Story’, onde escreveu que o duque de Cambridge tinha por hábito tratar a mulher “como uma empregada”.

View this post on Instagram

The Duke and Duchess of Cambridge are very pleased to share some new photographs of their family as they visited the RHS Back to Nature Garden at the #ChelseaFlowerShow on Sunday afternoon. The photographs were taken by @mattporteous. The #RHSChelsea Back to Nature Garden, designed by The Duchess and award-winning landscape architects Andrée Davies and Adam White of Davies White Landscape Architects, is a woodland setting for families and communities to come together and connect with nature. Her Royal Highness is a strong advocate for the proven benefits the outdoors has on physical and mental health, and the positive impact that nature and the environment can have on childhood development in particular. Over the past months, Prince George, Princess Charlotte and Prince Louis have helped The Duchess gather moss, leaves and twigs to help decorate @The_RHS Back to Nature Garden. Hazel sticks collected by the family were also used to make the garden’s den. The Duchess told Monty Don in an interview for the BBC: “I really feel that nature and being interactive outdoors has huge benefits on our physical and mental wellbeing, particularly for young children. I really hope that this woodland that we have created really inspires families, kids and communities to get outside, enjoy nature and the outdoors, and spend quality time together.”

A post shared by Kensington Palace (@kensingtonroyal) on

O autor afirma que o filho mais velho de Diana tem uma atitude “seca” com a companheira e a ignora em vários momentos de convívio. Na mesma obra, um amigo do casal real garante que os dois mantinham uma “relação tensa” e “estavam sempre num vai e vem.”

Ao que parece, os divórcios parecem estar de volta à família real inglesa, numa espécie de sina que parece não ter fim, depois de Carlos e Diana e de André e Sarah Fergunson, entre outros menos mediáticos.

Lembre-se que Kate e William casaram em 2011 e têm três filhos em comum: George, de 5 anos, Charlotte, de 3 e Louis, de 1 ano.

View this post on Instagram

The Duchess of Cornwall, The Duchess of Cambridge and The Duke and Duchess of Sussex travel along the Mall to Trooping the Colour, The Queen's Birthday Parade. Trooping the Colour has marked the official birthday of the British Sovereign for over 260 years. Regimental flags of the @BritishArmy were historically described as ‘Colours’ because they displayed the uniform Colours and insignia worn by the soldiers of different units. The name ‘Colour’ continues to be used to this day. The principal role of a regiment’s Colours was to provide a rallying point on the battlefield. This was important because, without modern communications, it was all too easy for troops to become disoriented and separated from their unit during conflict. If Troops were to know what their Regiment’s Colours looked like, it was necessary to display them regularly. The way in which this was done was for young officers to march in between the ranks of troops formed up in lines with the Colours held high. This is the origin of the word ‘trooping’. So, what today is a great tradition began life as a vital and practical parade designed to aid unit recognition before a battle commenced. 📷PA @TheRoyalFamily #TroopingtheColour #HorseGuardsParade #QBP2019

A post shared by Kensington Palace (@kensingtonroyal) on

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING