Segue-nos
PUBLICIDADE

Mundo

“Vou morrer mamã?”: Mãe faz apelo após filho de 5 anos ficar infectado com coronavirus

PUBLICIDADE

Esta mãe inglesa deixou um apelo sentido nas redes sociais para que as pessoas fiquem em casa…

Publicado

em

Por

Lauren Fulbrook | Facebook

Uma mãe veio agora revelar como é que o seu filho de cinco anos, que sempre foi uma criança saudável, ficou a pensar que iria morrer, depois de ter sido hospitalizado com Coronavírus.

PUBLICIDADE

Lauren Fulbrook, de 30 anos, de Worcestershire, Inglaterra, diz que a saúde do seu filho Alfie deteriorou-se muito rapidamente a partir do momento em que começou a desenvolver sintomas, incluindo febre muito alta, acima dos 40ºC, o que lhe provocava alucinações e vómitos.

Como conta o Daily Mail, esta mãe diz que temeu o pior pelo filho quando o viu deitado na cama do hospital e a perguntar-lhe se ia morrer.

Lauren utilizou as redes sociais para alertar todos os pais que até crianças saudáveis podem contrair o Covid-19. A mãe explicou em detalhe como a saúde de Alfie começou a decair a partir do momento em que a criança teve uma aula de natação na passada semana.

Ele começou a ficar um pouco rouco na segunda-feira e eu deduzi que seria de ter engolido água com cloro na sua aula de natação. Depois começou a ter uma tosse seca e piorou na terça-feira. A sua temperatura aumentou subitamente na noite de terça feira, para os 38,4, por isso não o mandei à escola. O Alfie dizia constantemente que estava bem, que se sentia bem, algo normal nele. Mas na quinta-feira a temperatura atingiu os 42,3, e não baixava. Ele não comia, mal bebia e não se conseguia mexer. Liguei para o 111 (112) e eles mandaram uma ambulância, mas disseram que o hospital estava tão cheio que não o podiam levar. Baixaram-lhe a temperatura e disseram-me que se a temperatura voltasse a subir para ligar para o 999.”

PUBLICIDADE

Depois de terem sido mantidos no hospital até sexta-feira à noite, mãe e filho puderam voltar para casa com rígidas restrições de isolamento e com Alfie a tomar os respetivos medicamentos.

Alfie já se encontra a recuperar. Ontem foi o primeiro dia em que pediu para comer, e até já brinca, revelou a mãe.

Lauren deixou ainda um apelo no Facebook para que as pessoas fiquem em casa. “Por favor, fiquem em casa. O que importa se não puder fazer as coisas normais? Quanto mais cedo se fizer o distanciamento social, mais cedo isto irá terminar. Não estou a publicar por atenção ou simpatia, só quero que as pessoas fiquem em segurança. Por favor, pense na sua saúde e na dos outros.”, concluiu.

PUBLICIDADE

Ora veja:

COMENTÁRIOS

TRENDING