Segue-nos
PUBLICIDADE

Actualidade

Viúva do militar português morto no Mali espera há quase nove meses por pensão

A viúva aguarda há quase nove meses a “pensão de sangue” que lhe é devida, disse hoje o dirigente da Associação de Sargentos, Lima Coelho, numa conferência no parlamento.

Publicado

em

Por

Viúva do militar português morto no Mali espera há quase nove meses por pensão

Lisboa, 28 mar (Lusa) – A viúva do militar português que morreu no Mali aguarda há quase nove meses a “pensão de sangue” que lhe é devida, disse hoje o dirigente da Associação de Sargentos, Lima Coelho, numa conferência no parlamento.

“Sabemos que as questões que decorrem dos seguros da missão foram imediatamente resolvidas – que têm a ver com a hipoteca da casa, etc -, mas a pensão de sangue, ao abrigo da lei, não foi recebida, tanto quanto soubemos, ontem [terça-feira]”, disse depois à Lusa Lima Coelho, sublinhando que o militar deixou dois filhos menores.

Na sequência da intervenção de Lima Coelho, o presidente da comissão parlamentar de Defesa Nacional, Marco António Costa (PSD), declarou, no encerramento da conferência: “Sinto vergonha dessa circunstância”.

“Hoje mesmo procurarei obter informação útil sobre essa matéria”, acrescentou.

À Lusa, Lima Coelho salientou que foi atribuída na semana passada uma medalha póstuma ao militar.

“A família não se alimenta de medalhas”, declarou.

ACL // JPS

Lusa/Fim

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

TRENDING