Segue-nos

Mundo

Viúva do mergulhador herói presta tributo e deixa mensagem emotiva às 12 crianças: “Não se culpem…”

Publicado

em

A esposa do mergulhador tailandês que não resistiu durante o resgate dos 12 jovens futebolistas presos na gruta com o seu treinador, prestou uma homenagem emocional ao marido, enquanto pediu para que as crianças não “se culpassem pelo desaparecimento do marido”.

Saman Kunan, 38 anos, ex-integrante da elite dos Navy SEALS tailandeses, foi a única vítima numa operação multinacional para salvar os meninos e o seu treinador, depois de as chuvas das monções os prenderem na gruta em Chiang Rai, no norte da Tailândia.

A esposa Valeepoan Kunan recorreu ao Instagram para partilhar várias fotos do seu marido, e do casal.

No dia em que foram reveladas as primeiras imagens dos jovens, a sorrir e a acenar já na cama do hospital, Valeepoan Kunan quebrou o silêncio, e divulgou uma mensagem sentida no Instagram, acompanhada de uma imagem de Saman Kunan a preto e branco.

“Sinto a tua falta. Vou amar-te como és do fundo do coração… de agora em diante quando acordar.. quem vou beijar?”

Durante as operações de resgate, houve quem considerasse que o treinador da equipa de futebol foi imprudente ao levar os rapazes para o interior da gruta. Valeepoan Kunan desculpa-o e fez um sentido pedido aos rapazes. “Quero dizer aos rapazes, por favor não se culpem”, revelou aos jornalistas.

Saman Kunan era praticante de triatlo, e gostava de desportos de aventura. Deixou a Marinha em 2006, e começou a trabalhar no aeroporto de Suvarnabhumi.

Saman nunca perdeu a ligação com os colegas, e ainda continuava a participar de algumas atividades da unidade onde tinha estado.

Juntou-se às operações na gruta no dia 1 de julho.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Mundo

Casal adotou 7 irmãos que viviam num orfanato, mesmo a tempo do Natal

Publicado

em

Depois de entrarem e saírem de um orfanato várias vezes, sete irmãos no Arkansas, nos Estados Unidos, têm finalmente um lar para sempre, e uma família para passar o Natal.

As sete crianças são as mais recentes adições à família de Terri e Michael Hawthorn, que agora inclui agora 13 crianças.

Os Hawthorns cuidaram de várias crianças desde que decidiram se tornar-se pais adotivos há vários anos atrás, revelou a KTHV.

“As nossas primeiras palavras foram: ‘OK, faremos isso por alguns anos, mas não adotaremos'”, disse Terri Hawthorn.

Mas Hawthorn não “cumpriu” esse compromisso, depois de conhecer dois irmãos.

Neste mês de dezembro, o casal adotou os sete filhos, que estavam para adoção há quase três anos.

“É bom ter uma família para acordar todas as manhãs”, disse Kyndal Hawthorn.

“Quando cheguei aqui, eu estava tipo, oh meu Deus, nós temos as nossas próprias camas”, disse Layna Hawthorn.

Antes de conhecerem os Hawthorns, as crianças às vezes tinham que ir para uma casa adotiva, sem uma cama para dormir ou comida para comer, de acordo com KTHV.

“É tão bom saber que temos uma família agora e não precisamos ir para nenhum outro lugar”, disse Dawson Hawthorn, o irmão mais velho.

Terri Hawthorn chama isso de bênção.

“Eles são uma bênção”, disse ela. “Todos os dias essas crianças acordam e estão a rir, felizes, e vemos isso nos sorrisos nos seus rostos, é o que faz valer a pena.”

“Este foi o melhor Natal que poderia ter, sabendo que tenho uma mãe e meu pai”, disse Kyndal.

Michael Hawthorn disse à WFLA 8 que ele e sua esposa adotaram dois bebés em abril, depois os sete em dezembro. Os Hawthorns também têm quatro filhos biológicos.

Michael Hawthorn postou este comovente comentário sobre seus sete novos membros da família no Facebook.

“Hoje é oficial, estes 7 irmãos mudaram o seu sobrenome para Hawthorn. Muitas orações por essas crianças nos últimos dois anos e meio. Obrigado Pastor Steve por ter vindo, e um enorme obrigado a Alan Clark…”

A maioria das pessoas da minha idade só se preocupa com a reforma (isso seria bom), mas, acima disso, optámos por investir na vida destas crianças. Eu e Terri passámos de 4 filhos para 13…”

As crianças fizeram um vídeo adorável sobre a sua nova família.

Veja aqui:

Continuar a ler

TRENDING