Segue-nos

Mundo

Video revela como vivem as crianças imigrantes separadas das famílias

Publicado

em

A CBS News teve acesso a um vídeo, gravado com um telemóvel, que revela como vivem as crianças separadas das suas famílias imigrantes, no Cayuga Center, em Nova Iorque.

É o primeiro olhar, não filtrado, dentro de uma instalação para crianças imigrantes separadas das famílias.

O governo americano não permite reportagens no interior dos centros onde estão as crianças. Estes vídeos foram fornecidos à CBS News pelo advogado Michael Avenatti, um crítico do governo Trump, e aparentemente foram captados por um funcionário que ficou muito incomodado com as separações familiares e, recentemente, se demitiu.

“Quando vemos Leo pela primeira vez, ele é todo sorrisos, mas esse sorriso desaparece quando ele pergunta se está triste por estar longe de sua mãe..”

Avenatti, que representa a mãe de Leo, Lourdes, disse que os dois foram separados 48 horas depois de chegarem à fronteira do Texas, no dia 10 de maio.

“Ela não tinha ideia de onde ele estava durante a maior parte das três semanas, e ficou perturbada com isso”, disse Avenatti. “Ela foi deportada de volta para a Guatemala…”

Leo foi enviado para os Centros Cayuga em Nova Iorque. Ele é uma das 243 crianças separadas, de acordo com o “mayor” de Nova Iorque, Bill de Blasio.

Uma menina, chamada Jessica, é vista com lágrimas a cair pelo rosto enquanto o trabalhador, não identificado, grava o vídeo e lhe diz para não chorar.

Jessica diz ao trabalhador que ela cruzou a fronteira com seu irmão de 10 anos de idade.

O centro cuida das crianças durante o dia, e à noite vão para lares adotivos.

Fica a reportagem da CBS:

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING