Familia

Video: Menino de 11 anos ensinou a mãe a ler e a escrever

A história de Sandra Maria de Andrade ficou viral no Brasil recentemente. A mulher, que trabalha numa empresa de recolha de lixo, ficou sem saber ler nem escrever até aos 42 anos.

Mas, graças a um dos seus filhos, com 11 anos de idade, isso mudou.

Mãe de sete filhos, Sandra sempre teve uma vida difícil, como conta o Hypeness. Foi abandonada pela mãe, e obrigada a ir trabalhar ainda em criança, não podendo assim ir à escola.

Ao longo da vida Sandra já fez de tudo um pouco. Agricultura, limpezas e, agora em adulta, depois de ter sido agredida pelo marido, sentiu-se desconfortável por não saber escrever nem o próprio nome.

Sandra Maria, que mora na periferia de Natal, capital do Rio Grande do Norte, Brasil, contou com a ajuda do filho de 11 anos para aprender a ler e a escrever.

Todos os dias o filho, Damião, chegava da escola com livros emprestados pela biblioteca, e lia ao lado da mãe.

Com o avanço da leitura Sandra começou a escrever as primeiras letras e, finalmente, a formar palavras.

“Eu tomava banho, deitava-me na rede, ele vinha e chamava-me para ler. Eu queria ver os desenhos, mas também queria aprender as letras. Ficava curiosa…”, conta em entrevista publicada pela BBC Brasil.

O tempo passou e hoje, quase dois anos depois do início da parceria, a dupla já leu mais de 100 livros e Sandra tirou uma nova carteira de identidade, desta vez com seu nome assinado.

O tempo passou e, hoje, quase dois anos depois do início da parceria, a dupla já leu mais de 100 livros, e Sandra tirou um novo cartão de identidade, desta vez, e pela primeira vez, com o seu nome assinado pela sua mão.

COMENTÁRIOS

To Top