Segue-nos

Famosos

Video: Manuel Luís Goucha reage à polémica sobre Mário Machado

Depois da grande polémica em torno de Mário Machado, o apresentador reagiu em direto…

Publicado

em

TVI/Site

Esta quinta-feira, 03 de Janeiro, o mais conhecido líder da extrema direita nacional, Mário Machado, foi entrevistado no programa “Você na TV”.

O advogado e nacionalista, que defende que é preciso um novo Salazar, foi convidado pelo jornalista Bruno Caetano para estar presente na rubrica “Diga de sua (in)justiça”.

Durante a conversa, e sob a questão em rodapé: “Um novo Salazar?”, a dupla de apresentadores foi confrontando o convidado, que se mostrou-se disponível para ser ele no novo Salazar.

O que é certo é que a ida do advogado ao programa fez despontar muitos comentários na publicação da página de Facebook do mesmo.

Os seguidores ‘arrasaram’ a produção bem como Manuel Luís Goucha:

“Esperava mais, agora dar voz e tempo de antena ao fascismo?????”, “Vergonhoso TVI! (…)” e “o fascismo, o nazismo em promoção pela TVI! que vergonha, que descaramento!”, foram alguns dos exemplos deixados.

Perante toda a polémica, e esta manhã (04 de Janeiro), Manuel Luís Goucha começou o programa com um esclarecimento:

“Quem acompanhou a conversa ontem em direto percebeu que a nossa primeira pergunta se dirigiu ao autor da rubrica e do convite, e a pergunta foi muito clara: «Porque é que convidaste Mário Machado?», ele respondeu e Mário Machado começou aqui a defender as suas ideias.”, começou por contextualizar.

“Ora, eu entendo, num jogo verdadeiramente democrático, que todo o tipo de ideias pode ser debatido em televisão, tem é de ser confrontado com ideias que, neste caso, reflectem a nossa maneira de viver (…) portanto desenrolou-se aqui uma conversa com pontos de vista do convidado e com os nossos pontos de vista em jeito de contraditório (…) assumimos nós esse contraditório”.

Sobre todos os comentários e opiniões que surgiram durante a tarde desta quinta-feira, o apresentador reforçou a importância de estar informado para depois comentar o que quer que seja nas redes sociais:

“(…) As pessoas da manhã que viram a conversa refletiram a sua opinião nas nossas redes sociais. A discussão acesa foi galvanizada durante a tarde e eu tenho a certeza que largas centenas de opiniões refletem a postura de alguém que não se deu ao trabalho de ir ver e ouvir a conversa. Eu acho que o debate televisivo, a conversa em televisão serve para isso, para argumentar ideias, claro que as ideias de Mário Machado são perigosas, mas há uma maneira de as enfrentar, é numa pratica democrática.”, afirmou.

No final, o apresentador reforçou: “Eu entendo que é muito mais eficaz e útil o debate de ideias em televisão que a instigação do ódio e da raiva e de ideias perigosas através da rede social (…)”, terminando depois: “Venha que Governo vier, eu nunca deixarei de lutar pela liberdade nem que tenha de dar a vida por isso”.

Vê o vídeo na íntegra aqui. 

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING