Mundo

Video de menina síria, de 11 anos, a estudar num monte de “lixo” comove rede sociais

Halime Cuma, uma menina síria de 11 anos, que sustenta a família a recolher papel para ser reciclado, foi matriculada no primeiro ano de uma escola em Istambul, depois de as autoridades turcas entrarem em cena, de acordo com uma fonte do Ministério da Educação turco.

Tudo começou depois de um video da menina, sentada numa pilha de lixo a estudar, com um livro e lápis na mão, ter provocado protestos nas redes sociais sociais na Turquia no início desta semana.

Enquanto as histórias circulavam nos “media” turcos sobre a situação de Halime, e da sua família, o ministro da Educação da Turquia, Ziya Selçuk, instruiu o seu ministério a contactar a família da menina.

O ministério contactou o pai da menina, Abdulrazaq Cuma, e prometeu cobrir os custos educacionais da sua filha, que não aparecia no diretório de crianças em idade escolar devido a um erro de documentação.

“Será assegurado que os nossos filhos em idade escolar sejam matriculados”, disse o ministro da Família, Zehra Zumrut Selçuk, em comunicado.

A menina estava a trabalhar para ajudar os seus pais a alimentarem a família que vive em Istambul.

Cuma recebeu a atenção do público com uma video que ficou viral nas redes sociais, quando vários internautas notaram que a menina se debruçava sobre um livro enquanto estava sentada num grande carrinho de mão que ela usava para recolher o papel para ajudar a sustentar os seus seis irmãos.

Veja o video:

COMENTÁRIOS

To Top