Segue-nos

Famosos

Video: Conan Osíris explica origem do seu nome e letra da música “Telemóveis”

O artista esteve à conversa com Cristina Ferreira no seu programa e falou da música que poderá representar Portugal no Festival da Canção…

Publicado

em

SIC/Site

Esta terça-feira, 26 de Fevereiro, Conan Osíris foi um dos convidados de Cristina Ferreira no seu programa.

O artista, apurado para a final do Festival RTP da Canção, começou por falar da abordagem que tem recebido do público na rua e por recordar o início da sua carreira no mundo da música.

O jovem que está a surpreender Portugal explicou de seguida a origem do seu nome:

“Eu sou Tiago”, começou por dizer, acrescentando: “Havia uma série que era «Conan- O Rapaz do Futuro» (…) então a parte do Conan vai um bocadinho daí, do rapaz do futuro, a parte do Osíris tem a ver mais com a egiptologia. (…) O significado de Osíris é o rejuvenescer, ou seja, a vida depois da morte…”, disse.

O jovem acabou por falar também da sua infância, adolescência e do apoio da família.

No entanto, Conan Osíris fez também uma revelação curiosa:

“Já [saí de casa] desde que eu comecei a trabalhar na sex shop (…) eu vendia dildos é verdade”, disse, ‘arrancando’ uma gargalhada geral no estúdio.

“Foi o meu primeiro emprego, (…) foi muito por acaso, foi do género, uma amiga minha entregou o currículo lá, ela não quis ir (…)”, afirmou depois, referindo: ” (…) O meu ambiente de venda era sempre uma coisa onde as pessoas não se sentiam julgadas de nenhuma forma”, frisou, garantindo que nunca se sentiu julgado pelas pessoas.

O músico recordou então a sua participação no Festival da Canção e até explicou a letra da música “Telemóveis”, que tanto está a dar que falar:

“Não há nada mais literal do que isto: «Eu parti o meu telemóvel a tentar ligar para o céu», ou seja, … é assim tão estranho um telefone ter poderes para ligar para alguém que já não esta cá?”, disse.

“Nós estamos tão agarrados ao telemóvel hoje em dia, é assim tão estranho que eu dê a um telemóvel o poder, que ele já parece ter hoje em dia na vida das pessoas, que dê para ligar para o céu? Não é assim tão estranho…”, afirmou.

No final, o artista ‘brindou’ o público e os telespectadores com uma versão acústica do tema.

Podes ver a actuação e a entrevista na íntegra aqui.

 

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

TRENDING