Animais

Um gato com pelo encaracolado? Este é descendente de uma gata resgatada, e está a derreter a internet!

As fotos de um gato com o pelo encaracolado estão a suscitar curiosidade da internet e a tornar-se virais.

Os gatos chegam-nos de diferentes formas e feitios e com o pelo das mais variadas maneiras… Comprido, curto ou mesmo sem pelo! Mas um gato de pelo encaracolado é (muito) raro!

Com uma frase que diz: “Nunca tinha visto um gato com pelo encaracolado, até agora”, este post divulgado no Twitter rapidamente se tornou viral. Provocando, admiração e espanto, por um lado, e descrença, por outro (levando-se a crer que seria montagem). Certo é que ninguém lhe fica indiferente…

Mas, na verdade, não se trata de nenhum truque!
Existem, inclusive, quatro raças de gatos com pelo encaracolado. Uma delas, é a Selkirk Rex, a raça de onde, muito provavelmente, descende a mãe, Miss DePesto, uma gata que foi salva da rua e que se encontrava num abrigo.

Como conta o The Dodo, Miss DePesto começou a sua vida num abrigo de Montana, um dos 50 estados dos Estados Unidos, em 1987. Apesar dos seus 4 irmãos terem pelo liso, ela nasceu com pelo encaracolado, muito semelhante ao de uma ovelha.

Jeri Newman, um criador de gatos Persa, proveniente de Livingston, em Montana, percebeu que ela era especial e não demorou muito, até tomar a decisão de a adotar. O nome, ganhou-o por causa de uma personagem da série dos anos 80, ‘Moonlighting’ (Modelo e Detetive, em português) que tinha, também, o cabelo encaracolado. Jeri cruzou-a, entretanto, com um gato persa preto, de nome Photo Finish of Deekay. Miss DePesto teve seis gatos, três deles com o surpreendente pelo encaracolado!

Baldasar #santacalista #selkirkrexinstagram #selkirkrexkitten #selkirkrex #selkirkrexcat #selkirkrexcatsofinstagram #selkirkrexofinstagram

Uma publicação partilhada por Natalya Aiguzina (@ignataliya) a

A descoberta fez com que Jeri acreditasse que o gene capilar de Miss DePesto, descendente da raça Selkirk Rex, é dominante, ao contrário do que acontece com outras raças, como Cornish Rex ou Devon Rex. Desta forma, foi possível para Jeri continuar a fazer cruzamentos de raça, sem ter medo que os gatos percam o pelo encaracolado, criando, desta forma, uma raça nova.

A notícia desta descoberta foi, inclusive, divulgada num site de ciência, o Mother Nature Network, onde se afirma que Jeri vai permitir criar toda uma nova geração de gatos e que será, em breve, uma tendência e uma raça assumida.
Os gatos da raça Selkirk Rex são conhecidos pela sua personalidade fácil e por serem divertidos, ganhando a alcunha de ‘gatos poodle’. Estes gatos conseguem ser identificados, facilmente, à nascença, pelos seus bigodes encaracolados (sim, até os bigodes são encaracolados!).

A raça, ganhou o nome devido às Montanhas Selkirk, e na sequência de uma mutação genética conhecida como ‘rex mutation’ que origina o pelo encaracolado e ondulado.

Um grupo de cientistas da Universidade de Veterinária, em Vienna, na Áustria, declarou a raça, oficialmente, em 2012. Apesar de, nos últimos anos, estes gatos não serem vistos com frequência, agora estão a causar furor nas redes sociais!

Ironicamente, a questão dos caracóis veio levantar toda uma outra problemática e deixar um alerta: é importante adotarmos animais que estejam em casas abrigo ou em canis, em vez de os compraremos numa loja. As pessoas têm tendência a pensar que os animais que se encontram nestes lugares são menos saudáveis, quando, na verdade, os que se encontram nas lojas têm, normalmente, um estado de saúde muito mais débil.

Não mencionando, ainda, toda a questão da socialização, muito mais visível nos animais doas casas de abrigo… Se Jeri não tivesse dado toda a atenção a Miss DePesto, não existiram estes lindos gatos de pelo encaracolado que estão a apaixonar tudo e todos…

COMENTÁRIOS

To Top