Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Tiago Rufino pronuncia-se após “polémica”: “Quando é ofensiva e grave, já não é opinião é crime!”.

PUBLICIDADE

Tiago Rufino decidiu pronunciar-se sobre o comentário “polémico” de Quintino Aires, no “Big Brother”…

Publicado

em

Por

Reproduções | Redes sociais

Quintino Aires está envolvido numa nova polémica. O psicólogo e comentador no programa “Big Brother” esteve esta terça-feira, 14 de setembro, no Extra, com Alice Alves e acabou por criticar a postura do concorrente Bruno Almeida.

PUBLICIDADE

O participante de 32 anos assumiu-se como um ativista e até revelou ter levado a doação de sangue por parte de homossexuais à Assembleia da República e foi muito criticado por Quintino Aires.

Recorde aqui: Big Brother: Quintino Aires ataca Bruno: “Uma bicha desocupada, a achar-se o herói da rotunda…”

A polémica “instalou-se” nas redes sociais e a TVI viu-se obrigada a reagir, em comunicado, às palavras proferidas pelo comentador e até, segundo a MAGG, a afastar o profissional do programa.

“Perante o discurso proferido ontem no BB Extra pelo comentador Quintino Aires, a TVI afirma que não se revê neste tipo de comentários”, lê-se.

PUBLICIDADE

Ora, quem decidiu comentar toda a polémica foi Tiago Rufino, ex-concorrente e vencedor da “Casa dos Segredos 7”, que foi emitida em 2018, na TVI.

O empresário começou por destacar não ser “extremista com o tema LGBT”, referindo que não está constantemente “a tentar impor na cabeça das pessoas que somos seres normais como elas”, admitindo:

“Essas pessoas não sabem o que é lutar para ter direito a algo básico, pois elas têm esse direito sem fazer absolutamente nada. É um privilégio…”, considerou.

PUBLICIDADE

Tiago Rufino referiu que, por vezes, até ouve piadas sobre o tema e não se sente “ofendido”, no entanto sublinhou que “tem comentários e comentários”.

“Opinião, vocês têm da roupa que querem vestir ou do que vão comer, não de alguém que tem uma orientação sexual diferente da vossa, principalmente quando a opinião é extremamente ofensiva e grave, nesse caso já não é opinião é crime!”.

O ex-concorrente mostrou-se feliz por “incluírem no Big ou na casa dos segredos elementos da comunidade LGBT”, no entanto admitiu ficar “igualmente triste” quando entende “que por vezes é apenas a troco de polémica e audiências”.

Tiago Rufino questionou depois: “Vão permitir que se passe desinformação, que se crie mais ódio e se debata um assunto que em nada tem de ser debatido? E estamos a falar de pessoas que supostamente têm formação superior em psicologia, por exemplo”.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Tiago Rufino (@tiago.rufino)

PUBLICIDADE

Tiago Rufino continuou, na caixa de comentários, destacando a gravidade de um profissional “passar desinformação”, refletindo sobre as palavras deste, relativamente às doenças sexualmente transmissíveis e aos homossexuais:

“Se existe promiscuidade no mundo gay? Existe, óbvio. Mas também existe no mundo heterossexual. Porque a promiscuidade, assim como as doenças sexualmente transmissíveis são associadas aos gays? Gente isso foi no início da história do HIV, onde não se sabia como era transmitida a doença… Caramba como podemos permitir que em plena tv diga-se diretamente que os gays são uns portadores de doenças e infeções?”, questionou.

O empresário apelou ao fim do preconceito e mostrou-se incrédulo com o facto de, na TVI, terem sido veiculados comentários desta ordem:

“Peço imensas desculpas a todos as pessoas que eu conheço e tenho muita consideração da TVI e da Endemol que se possam sentir ofendidas com esta minha opinião. Sei que elas em nada tem a ver com isso, contudo eu tenho de opinar um assunto que para mim é extremamente grave”, terminou depois.

PUBLICIDADE

Ora veja:

COMENTÁRIOS

TRENDING