Segue-nos

Famosos

Susan Boyle regressa ao ‘Got Talent’ e recebe botão dourado

Passados 10 anos, Susan Boyle sobe novamente ao palco do Got Talent para voltar a deixar o tanto o público como o júri, principalmente de Simon Cowel, de ‘boca aberta’, literalmente.

Publicado

em

America's Got Talent / instagram

Susan Boyle é “a melhor representação” do que é o programa de ‘caça-talentos’, os conhecidos Britain’s Got Talent e que já se espalhou pelo mundo inteiro. Assim o disse Simon Cowel, o mentor do programa.

Boyle fez a sua participação no programa há 10 anos atrás, quando subiu ao palco do programa para uma audição e deixou o mundo inteiro impressionado com a sua voz ao cantar “I Drem a Dream”.

Depois disso, e após ter conquistado o segundo lugar na final do programa seguiu  uma carreira musical, tendo editado um álbum,  e encheu várias salas com fãs de todo o mundo.

Após algumas depressões, Susan Boyle refugiou-se e deixou a musica para regressar agora ao “America’s Got Talent – Champions”, uma edição que reúne alguns dos vencedores ou finalistas das várias edições dos últimos anos de diferentes países.

Esta semana, de surpresa, Susan Boyle voltou a subir ao palco para voltar a deixar o tanto o público como o júri, principalmente de Simon Cowel, de ‘boca aberta’, literalmente.

A cantora garantiu que desta vez veio para ganhar e começou da melhor maneira. Interpretou um tema dos Rolling Stones, “Wild Horses” que faz parte do seu álbum lançado após a sua participação no programa em 2009.

Recebeu uma ovação de pé do publico e do júri e Mel B, uma das juradas do programa não perdeu tempo e carregou o botão dourado levando Susan directamente para a final do programa.

Famosos

Maria Botelho Moniz, no Alta Definição, recorda dia trágico: “Quando te levam tudo só queres a tua mãe”

Foi há 5 anos que tudo aconteceu e a vida da apresentadora da SIC mudava completamente…

Publicado

em

Daniel Oliveira / Instagram

Maria Botelho Moniz é a próxima convidada de Daniel Oliveira no Alta Definição, e o apresentador já partilhou um excerto do que vamos poder ver.

A comentadora do Passadeira Vermelha recorda o dia da morte do seu namorado.

Visivelmente emocionada, Maria relata o momento em que recebeu a noticia do acidente:

“Lembro-me de olhar fixo no chão, balançar e começar a dizer repetidamente ‘o que é que eu vou fazer’. Foi a primeira coisa que me saiu.”

Foi há 5 anos que tudo aconteceu, e a vida da apresentadora da SIC mudava completamente:

“Pareciam que estavam a passar slides daquilo que eu achava que a minha vida ia ser. Parei, os meus olhos encheram-se de lágrimas e a frase seguinte foi: ‘eu quero a minha mãe’. Quando te levam tudo só queres a tua mãe”, relata.

Continuar a ler

TRENDING