Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Sofia Arruda reclama por não poder votar: “Esse direito foi-me negado”

PUBLICIDADE

Sofia Arruda apela para que as pessoas vão votar, uma vez que lhe foi negado o direito por estar em isolamento profilático…

Publicado

em

Por

Sofia Arruda/Instagram

Sofia Arruda está em isolamento profilático desde o dia 17 de janeiro e, por esse motivo, não pode ir votar para as eleições presidenciais.

PUBLICIDADE

A atriz tinha o desejo de cumprir com o seu direito e ir votar, porém, encontra-se impedida: “É pelo desejo de querer ir votar e não poder. Não posso. Entrei em isolamento depois de dia 17 e por isso esse direito foi-me negado. Mas se tu podes ir, vai! Por ti, por mim, pela democracia”, começou por dizer.

“Não penses que ganha sempre o mesmo. Se ficares em casa pode ganhar alguém que vai desfazer o teu futuro e tu não fizeste nada para alterar isso. Ficar em casa não significa que estás revoltado com o sistema. Ficar em casa só grita: “Não quero saber” “, acrescentou.

Em relação à situação pandémica, Sofia Arruda escreveu ainda: “Depois há o medo de apanhar Covid, claro que há. Mas não há esse medo quando entramos na frutaria, ou quando estamos na fila gigante à porta do continente? Com pessoas sem máscara a fumar ao nosso lado por exemplo? A minha irmã foi agora de manhã e não apanhou multidão nenhuma, está tudo organizado, com segurança, com distanciamento e sem fila”.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING