Segue-nos

Famosos

Sara Norte sobre José Fidalgo: “Só fiz uma cena com ele e não gostei…”

A atriz esteve no programa “5 Para a Meia Noite” e falou de tudo abertamente…

Publicado

em

José Fidalgo/Instagram

Esta quinta-feira, 27 de Dezembro, foi para o ar mais um “5 para a meia noite”, na RTP1.

Pedro Teixeira, Sara Norte, Ana Arrebentinha e Jimmy P. foram os convidados desta semana.

Ora, na habitual rubrica “Pressão no Ar” à atriz, foram feitas uma série de perguntas às quais foram dadas todas as respostas.

Sara Norte falou do seu namorado, das suas tatuagens, da sua passagem de ano e até sobre a sua especialidade de culinária.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

@sara_norte85 💪 e sem papas na língua! #5meianoite #rtp

Uma publicação partilhada por 5 Para a Meia-Noite (@5meianoite) a

Uma das questões também feitas à atriz foi: “Qual foi o ator ou atriz com quem mais gostaste de trabalhar?”, à qual Sara não teve dúvidas e respondeu prontamente: “Rita Blanco”.

No entanto, confrontada depois com o ‘inverso’ da questão, a filha de Vitor Norte também não teve dúvidas:

“José Fidalgo (…) Só fiz uma cena com ele e não gostei. (…) Ele não tem que ser meu amigo, mas acho que quando se vai fazer uma sessão ou duas e vai-se a uma novela em que o elenco já está estabelecido, as pessoas têm de ser um bocadinho mais simpáticas e saber receber os outros. Mas não tenho nada contra ele, nunca me fez mal”, afirmou.

Confere aqui:

Famosos

Maria Botelho Moniz, no Alta Definição, recorda dia trágico: “Quando te levam tudo só queres a tua mãe”

Foi há 5 anos que tudo aconteceu e a vida da apresentadora da SIC mudava completamente…

Publicado

em

Daniel Oliveira / Instagram

Maria Botelho Moniz é a próxima convidada de Daniel Oliveira no Alta Definição, e o apresentador já partilhou um excerto do que vamos poder ver.

A comentadora do Passadeira Vermelha recorda o dia da morte do seu namorado.

Visivelmente emocionada, Maria relata o momento em que recebeu a noticia do acidente:

“Lembro-me de olhar fixo no chão, balançar e começar a dizer repetidamente ‘o que é que eu vou fazer’. Foi a primeira coisa que me saiu.”

Foi há 5 anos que tudo aconteceu, e a vida da apresentadora da SIC mudava completamente:

“Pareciam que estavam a passar slides daquilo que eu achava que a minha vida ia ser. Parei, os meus olhos encheram-se de lágrimas e a frase seguinte foi: ‘eu quero a minha mãe’. Quando te levam tudo só queres a tua mãe”, relata.

Continuar a ler

TRENDING