Segue-nos

Famosos

Sara Norte: “Achava que era a dona do mundo. Os meus pais deram-me umas boas palmadas”

A atriz recordou os tempos em que começou a trabalhar, quando tinha 12 anos.

Publicado

em

Por

Sara Norte: “Achava que era a dona do mundo. Os meus pais deram-me umas boas palmadas”
Reprodução redes sociais

Sara Norte confessou que quando começou a trabalhar a exposição mediática ‘insuflou-lhe’ o ego e precisou que os pais a chamassem à atenção para ‘descer à terra’. A atriz abordou o tema no ‘Passadeira Vermelha’ desta quinta-feira, dia 8, quando comentava declarações do ator Miguel Guilherme ao jornal Expresso.

 “Terei tudo momentos de ilusão por me achar o maior”, afirmou o ator. Palavras com as quais Sara Norte se identificou.

“Principalmente na nossa profissão, se bem que existem muitas pessoas com os egos muito elevados, é muito complicado lidar com a popularidade, com o facto das pessoas nos conhecerem, das pessoas nos idolatrarem ou nos porem num pedestal”, começou por dizer.

E admitiu: “No meu caso, comecei a trabalhar cedo e aos 12 anos achava que era a dona do mundo. Entrava nos centros comerciais com a cabeça levantada para toda a gente me conhecer. Graças a Deus tive uns pais que às vezes me deram umas boas palmadas. E devia ter levado mais, faltaram-me muitas”.

Leia também: Heitor Lourenço faz reparo e Sara Norte atira: “Já o Cláudio Ramos se queixava do mesmo”

COMENTÁRIOS

TRENDING