Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Sara Barradas revela porque falhou presença nos Emmys: “Fui impedida de viajar”

PUBLICIDADE

Sara Barradas foi a protagonista de “Quer o Destino”, era figura principal para estar na cerimónia dos Emmys em Nova Iorque, mas tal não aconteceu….

Publicado

em

Por

Sara Barradas/Instagram

Sara Barradas partilhou com os seus seguidores nas redes sociais o que aconteceu para que ontem não tivesse acompanhado toda a equipa da novela “Quer o Destino”, na cerimónia dos prémios Emmy, para o qual o projecto estava nomeado para melhor telenovela internacional.

PUBLICIDADE

A actriz, que foi a intérprete da personagem principal da trama revela que apenas consegue descrever a situação como uma “Tragicomédia”:

“Tragicomédia. Directamente dos International Emmy Awards 2021. #sóquenão Directamente da minha casa, vestida a preceito.”

Sara Barradas explica que tudo estava pronto e programado para que ontem se juntasse a Cristina Ferreira e à restante equipa da TVI para desfilar na passadeira vermelha e marcar presença na gala, no entanto foi impedida de viajar:

Para quem não sabe, ontem rumaria a Nova York a propósito da nomeação de Quer o Destino para melhor telenovela internacional. Acontece que fui impedida de viajar, juntando-me assim aos meus colegas, para representar toda a equipa técnica, artística e criativa deste feliz projecto. Juntar-me-ia apenas ontem, a eles que viajaram sábado, porque sábado e domingo tive espectáculo (eu e o Vargas).”

PUBLICIDADE

Conta Sara Barradas que foi impedida no aeroporto, na porta de embarque, pela TAP, porque de acordo com as leis nos EUA apenas pode entrar no país quem tenha tomado duas doses da vacina Covid, independentemente de já ter tido covid ou não, situação que na Europa não acontece.

“Já na porta de embarque um senhor da TAP disse-me que os EUA não deixavam entrar ninguém que não tivesse as 2 doses da vacina, mesmo já tendo tido COVID. É o meu caso. Tive Covid no início do ano, e quando fui levar a vacina foi-me dito que obteria o certificado apenas com uma toma. Certificado esse válido em Portugal e na UE apenas, segundo parece, já que cada país tem a liberdade de alterar as regras de vacinação quando e como bem entende. E o mesmo aconteceu, recentemente, nos EUA. Eu tinha o certificado, um teste PCR, uma declaração do meu médico, o visto, passaporte, tudo.”

Apesar de muitas questões sobre a situação, a actriz acabou mesmo por ficar ’em terra’ acabando por acompanhar o evento, vestida a rigor, mas em casa.

PUBLICIDADE

“Depois de muitas perguntas, de muita indignação, estupefacção, despedi-me do @filipevargas e voltei para trás (…)  Claro que fiquei triste, por todas as razões, por não estar lá ao lado dos meus colegas a representar um projecto que me fez tão feliz, me trouxe coisas tão boas, e me ensinou tanto. Mas não aconteceu. Provavelmente, não tinha de acontecer… A vida adora tirar-me o tapete mas eu gosto de voar nele! Por isso cá estou eu numa produção, a partir da minha sala, a sentir-me a Cinderela/Gata Borralheira!”.

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para analeao@hiper.fm

COMENTÁRIOS

TRENDING